Marilson começa o ano com vitória e recorde no Troféu de São Paulo

“Melhor do que isso não dava”. Foi com essas palavras que Marilson Gomes dos Santos, 27 anos e atleta Pão de Açúcar/Clube BM&F de Atletismo, definiu sua vitória na oitava edição do Troféu Cidade de São Paulo, na terça-feira, no Parque do Ibira

  
  

“Melhor do que isso não dava”. Foi com essas palavras que Marilson Gomes dos Santos, 27 anos e atleta Pão de Açúcar/Clube BM&F de Atletismo, definiu sua vitória na oitava edição do Troféu Cidade de São Paulo, na terça-feira, no Parque do Ibirapuera.

Ele completou os 10 km de percurso pelas avenidas da zona sul da cidade em 29min07seg, 7 segundos abaixo do recorde da prova, garantindo um prêmio de R$ 5 mil

O fundista brasiliense disputou sua primeira prova desde que sentiu uma lesão no tendão de Aquiles direito, em outubro de 2004 contusão que o impediu de defender o título na Corrida de São Silvestre.

“Estava preocupado, mas não senti nada no pé e isso me deixou muito feliz, pra lá de contente”, comemorou.

Marilson deixou para trás o queniano Mathew Chemoi, que chegou apenas dois segundos depois do brasileiro. O terceiro lugar foi de Luiz Fernando de Almeida Paula, com 29min31seg. Pouco depois da metade da prova, Marilson se separou do primeiro pelotão e tentou abrir vantagem.

Mas o africano apertou o ritmo, exigindo o máximo do líder no ranking nacional da maratona, que disputou o Troféu
Cidade de São Paulo pela primeira vez.

Seu técnico, Adauto Domingues, também comemorou a estratégia correta. “Preferi que o Marilson voltasse a competir em uma prova mais curta. Como ele não sentiu nada agora vai intensificar os treinos para retornar às maratonas, que é a modalidade que ele está se dedicando”, explicou.

A próxima grande competição do atleta brasiliense aconterá no 6 de março, na Maratona de Lake Biwa, no
Japão, ao lado do companheiro de equipe Vanderlei Cordeiro de Lima, bronze na Olimpíada de Atenas.

“O resultado de hoje mostra que estou sendo bem preparado”, disse o brasiliense, dono da quarta melhor
marca de maratona realizada por um brasileiro. Ele disputou apenas duas corridas nesta modalidade.

Outro companheiro de time de Marilson, Gilson Vieira da Silva completou os 10km desta terça-feira na nona colocação, com o tempo de 30min32seg.

“Fiquei surpreso com o nível da prova”, disse o mineiro,
que ficou em segundo na Corrida de Reis de Barcelona, em São Caetano, no início do ano.

Entre as mulheres, Maria Zeferina Baldaia cravou 34min 34seg e foi a primeira colocada, seguida por Nadir
Sabino Siqueira e Marily do Santos, respectivamente segundo e terceiro lugares.

O Troféu Cidade de São Paulo comemorou o aniversário de 451 anos da capital econômica do País e reuniu mais de 8.150 atletas profissionais e amadores. Entre os participantes, estava a modelo e apresentadora Daniela Cicarelli, noiva do atacante Ronaldo, do Real Madrid.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em