Ministros do Turismo e Meio Ambiente elogiam a Adventure Fair e consolidam ação conjunta

“Atuaremos casados, até que a morte nos separe”. Com esta metáfora, o ministro do Turismo Walfrido dos Mares Guia, de braços dados com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, resumiu o acordo firmado entre as duas pastas nesta segunda-feira na Adventur

  
  

“Atuaremos casados, até que a morte nos separe”. Com esta metáfora, o ministro do Turismo Walfrido dos Mares Guia, de braços dados com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, resumiu o acordo firmado entre as duas pastas nesta segunda-feira na Adventure Sports Fair, a maior feira de ecoturismo e esportes de aventura do Hemisfério Sul, que acontece até quarta, dia 11, em São Paulo.

Na ocasião, Walfrido e Marina assinaram um documento de cooperação técnica que tem como objetivo principal promover a inserção dos princípios de sustentabilidade no desenvolvimento da atividade turística no Brasil.

A expectativa dos ministérios é que o acordo fomente o debate entre organizações governamentais, ONGs, empresários, instituições de ensino docentes e discentes, comunidades tradicionais e a própria sociedade civil, o que contribuirá para a identificação de ações que podem ser realizadas de forma integrada, a curto, médio e longo prazo.

“Estamos formalizando esta união da forma mais abrangente possível e atuaremos firmemente pela sustentabilidade e pela certificação da atividade no Brasil”, ressaltou o ministro.

Ainda segundo ele, o turismo é responsável por mais de 10% da riqueza gerada em todo o planeta e por um emprego a cada nove no mundo. “Temos no Brasil 4,5 milhões de empregos ligados à atividade e estamos trabalhando para gerar mais 1,5 milhões de postos de trabalho em quatro anos. Queremos também movimentar R$ 8 bilhões em divisas. Turismo é emprego, divisão de renda e geração de riquezas”. Outros dados citados por Walfrido referem-se ao PIB. O total movimentado pelo turismo no Brasil corresponde a 3,5% do Produto Interno Bruto, enquanto na França e na Espanha este índice é quatro vezes maior.

Sobre a Adventure Sports Fair, Mares Guia disse: “É um evento espetacular, que nesta segunda-feira está celebrando o compromisso assumido pelas duas pastas aqui representadas na luta pela sustentabilidade e pela certificação do turismo no território brasileiro. O mundo vai descobrir o nosso país”, afirmou. Marina Silva, que ao lado de Walfrido visitou alguns estandes da feira, destacou a alta representatividade do segmento na Adventure Sports Fair. “Ela une o poder público, empresários e entidades não-governamentais num único local”, destacou. Ambos acompanharam ainda um grupo de deficientes físicos praticando esportes de aventura. Eles atuam na ONG Aventura Especial, comandada por Dadá Moreira, jornalista, fotógrafo, deficiente físico e idealizador da organização não-governamental.

Para a ministra, as ações que estão sendo planejadas entre as duas pastas também possuem um caráter de inclusão social. “Queremos que cada vez mais pessoas se beneficiem do turismo, mas de forma responsável. O homem pode e deve agir integrado à natureza ao visitar um parque público ou um destino de ecoturismo, que, se preservados, gerarão riquezas e empregos para os brasileiros”, disse. “Estamos trabalhando com uma meta de certificar 300 mil profissionais ligados ao turismo nos próximos quatro anos, o que vai qualificar ainda mais o segmento”, completou Marina.

  
  

Publicado por em