Modelismo náutico e aquarismo são novidades no Instituto Oceanográfico de Santos

Estudar as técnicas da criação de espécies em aquários e a construção de peças náuticas em madeira são os principais destaques dos cursos livres oferecidos no mês de agosto, pelo Instituto Oceanográfico de Santos – IOS. Através dos cursos básicos

  
  

Estudar as técnicas da criação de espécies em aquários e a construção de peças náuticas em madeira são os principais destaques dos cursos livres oferecidos no mês de agosto, pelo Instituto Oceanográfico de Santos – IOS.

Através dos cursos básicos de Aquarismo Marinho e Dulcícola (água doce) os participantes ficarão a par das técnicas de montagem de aquários; filtrações químicas, físicas e biológicas; equipamentos; biologia dos animais; peixes exóticos; quarentena e higiene, e ética na aquariologia.

O curso básico em Aquarismo Marinho começa dia 18 de agosto. Já o de Aquarismo em Água Doce inicia dia 19.

O curso de Modelismo Náutico em Madeira – Módulo I visa capacitar o aluno na aplicação de técnicas construtivas em modelos náuticos simples, em escala e estruturas de madeira. As aulas começam dia 18.

Há, ainda, os cursos de navegação Arrais Amador e Mestre Amador, além do curso de Mergulho Básico.

Exposições:

O IOS está sediando três novas exposições. Os interessandos podem visitar o local diariamente, das 9 às 18 horas, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

A mostra sobre Tubarões e Raias, do Nupec, é uma delas. Apresenta um tubarão taxidermizado, além de tubarões e raias conservados em álcool, esqueletos de arcadas e outras curiosidades sobre as espécies.

O público poderá conhecer, também, um pouco do famoso Projeto Baleia Franca, com mais de 20 anos de atividades contínuas e hoje é administrado pela Coalizão Internacional da Vida Silvestre - IWC/Brasil.

A mostra conta com oito painéis, relatando a matança indiscriminada das Baleias Francas e, efetivamente, o Projeto Baleia Franca, que surgiu em 1982 desenvolvendo uma gama de atividades voltadas à pesquisa e à conservação das baleias francas.

Conhecer e avaliar a pesca e o número de capturas acidentais de golfinhos e tartarugas marinhas na frota pesqueira de Praia Grande é o objetivo do Projeto Biopesca, criado em 1988.

Na exposição montada no IOS, os visitantes poderão observar um esqueleto e um feto de golfinho, além de painéis educativos relatando a importância da preservação do meio natural. O objetivo é transmitir informações e alertar sobre os impactos negativos que o ambiente marinho vem sofrendo.

O IOS fica na avenida Saldanha da Gama, nº 89, na Ponta da Praia. O telefone é(13) 32617757.

Fonte: Assessoria de Imprensa Unimonte

  
  

Publicado por em