Mulheres de diversas profissões e idades participam do Raid do Batom

Em 16 anos de competição, o Raid do Batom já teve várias campeãs nas diferentes categorias disputadas. No início, sómente mulheres participavam da prova, mas hoje os homens também são permitidos, desde que tenha uma mulher na dupla.São três categorias: a

  
  

Em 16 anos de competição, o Raid do Batom já teve várias campeãs nas diferentes categorias disputadas. No início, sómente mulheres participavam da prova, mas hoje os homens também são permitidos, desde que tenha uma mulher na dupla.São três categorias: a feminina, só com mulheres; a mista feminina, em que uma mulher pilota e um homem navega e a mista masculina, que tem um piloto e uma navegadora.

Para a edição deste ano, que será realizada na região de Itapecerica da Serra, a partir das 8 horas, são esperadas cerca de 80 duplas.

O Raid do Batom surgiu com a intenção de dar espaço para as mulheres dos competidores que sempre os acompanhavam nas competições e ficavam como simples espectadoras. Hoje a prova é um sucesso e atrai mulheres de todas as profissões e idades.

Há dez anos participando de raids, a paisagista Raquel Calgaro Viegas começou com um jipe Ford, depois trocou por um Engesa que, segundo ela, é mais robusto e agüenta bem as trilhas pesadas. A paixão pela natureza despertou o interesse da paisagista pelos raids.

Campeã da categoria mista feminina em 2002, nas primeiras participações no Raid do Batom Raquel competia com uma amiga. `Estar com outra mulher dentro do carro é melhor, ficamos mais à vontade. Gosto bastante do Fábio, meu amigo e atual navegador. Minha outra amiga navegava tão bem que o marido dela `roubou` ela de mim`, conta Raquel.

A paisagista se diz a `vovó das trilhas`, pois tem 54 anos, mas com espírito jovem. Chegar em primeiro lugar foi uma surpresa, uma recompensa que conseguiu só no fim da prova, porque teve problemas com o carro durante a competição. Raquel mantém o carro com os próprios recursos e tem uma parceria com as Capotas Pissoletro, seu único patrocinador.

Outra dupla campeã de 2002 foi a formada pelas amigas Selma Santos Padula e Luciana Puggina, três vezes campeãs do Raid do Batom. Fizeram a primeira prova juntas em 1998 e já saíram com a vitória da categoria feminina. Depois venceram em 2000 e em 2002.

Selma começou a participar de raids em 1997, incentivada pelo marido, com quem competiu nas primeira provas. `Começou como uma brincadeira. Gostei bastante, achei muito legal e queria participar mais. Meu marido não podia ir em todas as provas comigo, aí conheci a Luciana. Deixamos os maridos de lado e passamos a competir juntas`, diz a publicitária Selma Padula.

Nesta 16ª edição do Raid do Batom, a dupla vai correr com um jipe Wrangler, carro que Selma usa no dia a dia.

`Finalmente vou participar com meu carro. No ano passado ganhamos de Troller, mas eu queria correr com o Wrangler.

A expectativa para este ano é grande, tem muita gente boa correndo e vamos fazer o melhor nas trilhas.

Gosto muito do Raid do Batom, além de ser uma boa prova, é uma homenagem para as mulheres`, diz Selma, que tem patrocínio da loja de automóveis XTerra.

A publicitária tem dois filhos que também adoram assistir a performance da mãe nas trilhas. Frederick Rafael Vallf, o marido, continua nas competições, só que de velocidade, como o Mitsubishi Motorsports.

INSCRIÇÕES CONTINUAM ABERTAS

As inscrições para o Raid do Batom estão abertas até 6 de março e podem ser feitas pelo site ou no Ponto Off Road, encontro semanal dos apaixonados pelo segmento, no Parque do Ibirapuera (praça de modelismo).

Para os sócios do Jeep Clube as inscrições custam R$ 20,00 para pilotos e navegadores e R$ 10,00 para `Zequinha` (acompanhante de cada carro). Os interessados que não são afiliados pagam R$ 40,00 e R$ 15,00, respectivamente.

A largada promocional do Raid do Batom acontece no dia 6, no Ponto Off Road, e na mesma ocasião acontecerá a vistoria técnica dos veículos e também o concurso que escolherá o carro melhor caracterizado.

O 16º Raid do Batom é uma realização do Jeep Clube do Brasil, com organização da Mesa 4 Comunicações. O patrocínio é de Bardahl e Goodyear, com apoio da DPaschoal.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em