Nicole Deboom sai do frio para enfrentar o forte calor de Santos-SP

A americana Nicole Deboom, de 20 anos, é considerada uma das favoritas para conquistar o 12º Triathlon Internacional de Santos, que será disputado no próximo domingo, (16/2) na Praia do Boqueirão, em Santos, litoral paulista. Além de não conhecer o pe

  
  

A americana Nicole Deboom, de 20 anos, é considerada uma das favoritas para conquistar o 12º Triathlon Internacional de Santos, que será disputado no próximo domingo, (16/2) na Praia do Boqueirão, em Santos, litoral paulista.

Além de não conhecer o percurso, Deboom, que fará sua primeira viagem ao Brasil, também enfrentará outro adversário: a alta temperatura. Na quarta-feira (dia 12/2), ela deixou a cidade de Lyons, no Estado de Ohio, onde reside, com 9º C e desembarcou em São Paulo na quinta-feira (13/2) pela manhã e enfrentar o forte verão brasileiro.

Dos Estados Unidos ela deu esta entrevista.

- Quais são as suas expectativas para disputar o Triathlon Internacional de Santos?

NICOLE DEBOOM - Estou animada para dar uma parada no meu trabalho de base e fazer essa prova no Brasil. Eu não tenho nenhuma expectativa concreta a não ser que vou fazer o meu máximo para conseguir um bom resultado. Claro que gostaria de vencer, mas vai depender de uma série de fatores.

- A canadense Carol Montgomery, vencedora de 2002, seria sua principal adversária?

NICOLE DEBOOM Pode ser, mas não tenho informações sobre outras inscritas. Eu acho que Carol estará muito bem e como ela ganhou no ano passado, sabe o que é necessário para fazer uma boa prova.

- Você conhece alguma triatleta brasileira?

NICOLE DEBOOM Conheço. Acredito que Sandra Soldan e a Carla Moreno correrão bem, porque elas têm treinado nas condições da prova e, por já terem corrido em Santos, sabem o que fazer e onde estão os principais pontos da prova.

- É a sua primeira vez no Brasil?

NICOLE DEBOOM - Sim, é a minha primeira vez no Brasil.

- Você sabia que na cidade de Santos é muito quente e úmida. O que você acha de competir nestas condições?

NICOLE DEBOOM Essa temperatura será um choque para o meu corpo, mas eu estou feliz por esta mudança. Agora mesmo estou olhando pela janela, vejo muita neve e com uma temperatura em torno de 9ºC. Está muito frio aqui nos Estados Unidos!

- O que você gosta de fazer quando não está competindo?

NICOLE DEBOMM Um dos meus passatempos é cozinhar. Especialmente sopas. Se alguém tiver alguma receita, de sopa brasileira, pode me passar.

A largada do 12º Triathlon Internacional de Santos será às 8 horas na Praia do Boqueirão. Entre os homens os destaques são os estrangeiros. Matt Reed, da Nova Zelândia, que já está em Santos e os americanos Ivan Albano, Jerry Rice e Kevin Danahy. Já entre os brasileiros favoritos estão Renato Dantas, vice-campeão no TPT` 2002, Santiago Ascenço (Pão de Açúcar Club) e Marcus Ornelas.

`Santos é muito úmido, enquanto no interior o calor também é forte, mas seco. Para explicar a diferença, seria como entrar numa sauna seca e numa sauna úmida`, disse Dantas.

Oscar Galindez, argentino que mora e treina em Santos, é o maior vencedor do Triathlon Internacional de Santos. Galindez ganhou cinco vezes a mais tradicional prova do Brasil. Ele foi campeão em 1993, 1994, 1998, 2000 e 2001. O argentino, pentacampeão do Troféu Brasil, foi quarto no Iron Man do Brasil e 15º no Iron Man da Havaí, a mais tradicional e badalada prova da modalidade no mundo.

Entre as mulheres, a canadense Carol Montgomery, que desembarcaram no Brasil na quinta-feira, é a última ganhadora do Triathlon Internacional de Santos. Ela chegou ao ponto mais alto do pódio em 1994, 1995 e 2002.

O Canadá também terminou na frente em 1992, na primeira edição do Triathlon Internacional de Santos, com Sylviane Puntous, e em 1993 com Melissa Mantak.

Em 2000, a dinamarquesa Suzanne Nielsen foi a única a quebrar a hegemonia de canadenses e australianas, que também venceram cinco vezes, todas com Michellie Jones. Ela ganhou de 1996 a 1999 e repetiu a dose em 2001.

As favoritas entre as brasileiras são Sandra Soldan. Gisele Bertucci e Carla Moreno, todas do Pão de Açúcar Club.

Soldan concorda com Dantas e entende que a umidade será um dos adversários dos triatletas, pois provoca grande desgaste.

As inscrições poderão ser feitas somente no Congresso Técnico, que será realizado dia 15 de fevereiro (sábado) na AABB de Santos.

No mesmo local, a partir das 17 horas, a nutricionista Gláucia Braggion, vai dar uma palestra sobre a importância da hidratação durante o triatlo. Gláucia é integrante do Celafiscs - Centro de Estudos e Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul, e mestre do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da USP.

O 12o. Triathlon Internacional de Santos TPT`2003 tem promoção e organização da NA Promoções, com patrocínio Gatorade e Fit Sports e co-patrocínio Timex e Unimonte.

O apoio é da Medical Line, Unimed Santos, Associação Sabesp, PowerBar, Prefeitura de Santos e Governo do Estado de São Paulo. A colaboração é da Secretaria Municipal de Esportes, Secretaria Municipal de Saúde, Câmara Municipal de Santos, Guarda Municipal, 6º Batalhão de Polícia Militar de Santos, Ecovias dos Imigrantes, DR, Dersa e Polícia Rodoviária, 17o GBS do Corpo de Bombeiros, Sociedade Amigos do Boqueirão, SporTV, TV Tribuna e CET - Santos. A promoção exclusiva é da Tribuna FM.

Fonte: Local da Comunicação

  
  

Publicado por em