Robert Scheidy é campeão brasileiro pela décima vez

O hexacampeão mundial e duas vezes medalhista olímpico (ouro em Atlanta/96 e prata em Sydney/2000) Robert Scheidt conquistou no sábado (7/2) o terceiro título em apenas 17 dias e o 103º da carreira. Com o segundo lugar obtido na primeira regata do dia

  
  

O hexacampeão mundial e duas vezes medalhista olímpico (ouro em Atlanta/96 e prata em Sydney/2000) Robert Scheidt conquistou no sábado (7/2) o terceiro título em apenas 17 dias e o 103º da carreira.

Com o segundo lugar obtido na primeira regata do dia, no Iate Clube de Armação dos Búzios,o velejador confirmou o favoritismo e sagrou-se campeão do Brasileiro de Laser pela décima vez (já vencera em 1992, 94, 95, 98, 99, 2000, 01, 02 e 03).

Além de mais esse feito, Scheidt voltou a superar o
português Gustavo Lima, que o venceu por apenas um ponto e faturou o Mundial de Cadiz em 2003.

“Foi o campeonato dos meus sonhos porque deu tudo certo. Velejei sempre com muita velocidade e tomei
as decisões certas nos momentos certos”, afirmou o velejador, de 30 anos, patrocinado pelo Banco do Brasil, Bingo Augusta, Varig e Volvo Car Brasil e integrante da Equipe Petrobras de Vela.

Em janeiro, também em Búzios, Robert conquistou o tetra do Campeonato Sudeste Brasileiro (Lima foi vice) e também o Cricket Match Race (o português foi eliminado na primeira fase).

Atual segundo colocado do ranking da Federação Internacional de Vela (ISAF), Scheidt venceu sete das oito
regatas que disputou no Campeonato Brasileiro, que começou na segunda-feira (2/2).

Mesmo com o título assegurado após o segundo lugar deste sábado (a regata foi vencida pelo sueco Fredrik Lassenius, com o gaúcho André Streppel em terceiro), Robert continuou na água e estava prestes a conseguir a oitava vitória, mas a segunda regata do dia foi anulada por uma falha de sinalização. Com isso, o iatista preferiu
descansar e não participou da relargada.

Após a conquista do 103º título na carreira (88º na classe Laser), Robert Scheidt já tem novo desafio nesta semana: o Campeonato Sul-Americano de Laser, que acontece em São Sebastião. Esse será o último campeonato do brasileiro antes da Pré-Olímpica de Búzios, em março, quando ele precisa confirmar vaga na Olimpíada de Atenas.

“A temporada ainda está no começo, mas já consegui três importantes títulos. Isso me dá muita motivação para o Sul-Americano e, principalmente, para a Pré-Olímpica”, disse.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em