Rota do Aço agita o Iate Clube do Espírito Santo

O Iate Clube do Espírito Santo já vive o clima da disputa da Rota do Aço Regata de Vela Oceânica, que terá largada no dia 6, em Vitória, parada no Rio de Janeiro e chegada no dia 14 em São Francisco do Sul (SC). A regata, que reproduz o caminho perco

  
  

O Iate Clube do Espírito Santo já vive o clima da disputa da Rota do Aço Regata de Vela Oceânica, que terá largada no dia 6, em Vitória, parada no Rio de Janeiro e chegada no dia 14 em São Francisco do Sul (SC).

A regata, que reproduz o caminho percorrido pelas bobinas de aço fabricadas pela Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST) até a indústria de transformação de Vega do Sul, reúne alguns dos principais velejadores do país, muitos dos quais já estão com seus barcos na capital do Espírito Santo.

A movimentação no Iate Clube é grande. A Marinha do Brasil já começou o trabalho de vistoria dos barcos, assim como os medidores da Associação Brasileira de Vela Oceânica (ABVO).

Já estavam ancorados em Vitória ao meio-dia desta terça-feira os seguintes veleiros: Albatroz, Até Logo, Atoa 1, Curimam, Dose Dupla, Gato Xadrez,Kanaloa,Kerubim,Lula,Lupie II, Malolu, Mare Nostrum, Marlim, Mestre Rosalino, Namaste 1, Normandie, Obelix, Picuiu, Pimpinela, Rajada,Silence, Tinker Toy, Yanam e Zimbro.

A previsão dos organizadores, desde o lançamento oficial da competição, em janeiro, é da participação de cerca de 40 barcos, fato excepcional em se tratando de uma primeira edição.

“Dificilmente uma regata como essa de média para longa duração reúne tantos competidores logo no início”, afirma Edgar Rombauer, da DS Comunicação, organizadora do evento.“Isso mostra que a vela brasileira está passando por um bom momento.”

A competição, reservada para barcos com medida igual ou superior a 30 pés, será disputada em três etapas, com a primeira marcada para o dia 6 de março, com 260 milhas náuticas entre Vitória e Rio de Janeiro.

Do Iate Clube do Rio de Janeiro, os barcos velejarão mais 365 mn até o Capri Iate Clube, em São Francisco do Sul (SC). A terceira etapa terá nove milhas náuticas, ligando o Capri Iate Clube ao centro da cidade, no dia 14 de março.

A Rota do Aço :

Regata de Vela Oceânica é uma realização da Arcelor, CST, Vega do Sul e Norsul, com organização da DS Comunicação e apoio da Gol Linhas Aéreas, Federação Brasileira de Vela e Motor (FBVM), da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano (ABVO), da Marinha do Brasil, dos governos do Espírito Santo e Santa Catarina, das prefeituras de Vitória e São Francisco do Sul, do Iate Clube do Espírito Santo, do Iate Clube do Rio de Janeiro e do Capri Iate Clube.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em