Santiago Ascenço luta para `repatriar` o Troféu Brasil

O goiano Santiago Ascenço (Pão de Açúcar/Cia. Energética de Goiás/DPA) pode acabar com o reinado de sete anos do argentino Oscar Galindez no Troféu Brasil de Triathlon. Após duas vitórias em 2004, o brasileiro chega à última etapa do circuito, neste domin

  
  

O goiano Santiago Ascenço (Pão de Açúcar/Cia. Energética de Goiás/DPA) pode acabar com o reinado de sete anos do argentino Oscar Galindez no Troféu Brasil de Triathlon. Após duas vitórias em 2004, o brasileiro chega à última etapa do circuito, neste domingo em Santos, como líder da competição.

Ascenço foi o mais regular nas quatro provas do Troféu Brasil neste ano. Além dos dois primeiros lugares, ele foi segundo em uma prova e terceiro na outra. Para a disputa em Santos, ele aumentou sua série de treinamentos.

“Fiz um ótimo tempo durante meus treinos, ganhei um pouco de peso (massa muscular) e isso pode me ajudar bastante na natação e no ciclismo”, diz.

Para garantir o título, ele já definiu sua tática: vai “marcar” o carioca Marcus Ornellas, último brasileiro campeão do Troféu Brasil, em 1996. Ornellas é atualmente o quarto do ranking. O mineiro Thiago dos Santos é o segundo e o argentino Ezequiel Morales, o terceiro.

“Minha estratégia será acompanhar o Ornellas na água, para sair junto com ele e poder administrar no ciclismo e na corrida”, explica, lembrando que a natação é seu ponto fraco.

Carla espera decisão do técnico para participar:

Carla Moreno (Pão de Açúcar/ Nike/ PowerBar/ Unimonte), melhor triatleta de 2004 para o COB, está com inscrição confirmada, mas espera o aval do seu técnico, Alberto Klar, para saber se realmente poderá participar da prova.

A triatleta olímpica está seguindo à risca seus treinamentos, mais voltados para o Fast Triathlon. A longo prazo, seu objetivo é o Campeonato Mundial, marcado para setembro do próximo ano, no Japão. Para não quebrar essa rotina de treinos, ela aguarda a decisão de Klar até sexta-feira.

“Como eu preciso descansar após a prova, pelo menos uns dois dias, ele está decidindo se vou ou não poder participar”, explica.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em