Scheidt é indicado para o prêmio de melhor velejador de 2004

Robert Scheidt é novamente finalista do ISAF Rolex World Sailor of the Year Awards 2004, disputa anual criada pela Federação Internacional de Vela para apontar o melhor velejador do mundo nas categorias masculina e feminina. O bicampeão olímpico e hep

  
  

Robert Scheidt é novamente finalista do ISAF Rolex World Sailor of the Year Awards 2004, disputa anual criada pela Federação Internacional de Vela para apontar o melhor velejador do mundo nas categorias masculina e
feminina.

O bicampeão olímpico e heptacampeão mundial da classe Laser foi indicado pela quarta vez na carreira e terá nove adversários na briga pelo bicampeonato. A cerimônia de entrega do prêmio acontece em 9 de novembro, em Copenhague, na Dinamarca.

Scheidt também foi finalista em 1995 e 1996 e levou o prêmio em 2001. O Brasil ainda pode levar o troféu com a dupla Torben Grael e Marcelo Ferreira, bicampeões olímpicos da classe Star.

“É uma honra fazer parte deste seleto grupo de velejadores. O ano está sendo maravilhoso, com vários títulos internacionais além da medalha de ouro em Atenas, e me considero privilegiado”, afirmou o velejador, de 31 anos, patrocinado pelo Banco do Brasil, Medley Genéricos, Varig e Volvo Car Brasil e integrante da Equipe Petrobras de Vela.

A indicação de Scheidt confirma o excelente ano do velejador. Líder do ranking de Laser da ISAF com mais de 250 pontos à frente do segundo colocado, Robert venceu os dez campeonatos que disputou nessa classe: Campeonatos Brasileiro, Sudeste Brasileiro, Centro-Sul-Americano, Cricket Match Race, Pré-Olímpica de Búzios, Semanas de Kiel, na Alemanha, e de Hyères, na França, Mundial de Bodrum, na Turquia, Campeonato Grego e Jogos Olímpicos de Atenas.

Ele foi ainda campeão brasileiro de Oceano na classe 40.7 e da Taça Alberto Ravazzano e da Semana de Vela do Rio de Janeiro, ambas na classe Star.

“Minha intenção é participar da cerimônia de premiação na Dinamarca, embora seja uma incógnita saber quem será o vencedor. Mas, independentemente disso, ser indicado já está de bom tamanho. Com o Torben e o Marcelo também no páreo, o Brasil certamente estará bem representado”, disse.

Para chegar à lista dos 22 finalistas, a ISAF levou em conta o desempenho dos velejadores no período de 1º de setembro de 2003 a 31 de agosto de 2004. Assim, todos os medalhistas de ouro nos Jogos de Atenas estão concorrendo. Outros atletas também foram indicados pelas respectivas federações nacionais de vela.

Em 22 anos de carreira, Robert Scheidt acumula 113 títulos, sendo 95 na Laser, dois na Optimist, quatro de Snipe, um na Finn, sete em Oceano e quatro na Star. A partir deste sábado, Robert e o proeiro Bruno Prada participam da Taça Oscar Weckerle de Star, em Santos. A competição serve como seletiva para o Mundial da categoria, que acontece em fevereiro, na Argentina.

Os indicados ao prêmio de melhor velejador de 2004 e as medalhas conquistadas em Atenas Feminino

Adrienne Cahalan (AUS)

Sofia Bekatorou e Emilia Tsoulfa (GRE) - ouro na 470

Faustine Merret (FRA) - ouro na Mistral

Shirley Robertson, Sarah Webb e Sarah Ayton (GBR) - Yngling

Siren Sundby (NOR) - ouro na Europa

Masculino

Ben Ainslie (ING) - ouro na Finn

Ed Baird (EUA)

Paul Foerster e Kevin Burnham (EUA) - ouro na 470

Steve Fossett (EUA)

Gal Fridman (ISR) - ouro na Mistral

Torben Grael e Marcelo Ferreira (BRA) - ouro na Star

Roman Hagara e Hans Peter Steinacher (AUT) - ouro na Tornado

Francis Joyon (FRA)

Iker Martinez e Xavier Fernandez (ESP) – ouro na 49er

Robert Scheidt (BRA) - ouro na Laser

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em