Scheidt termina fase classificatória do mundial na vice-liderança

Mesmo com uma vitória e um segundo lugar nas duas regatas da classe Laser disputadas no sábado (20/9), em Cadiz, na Espanha, o hexacampeão Robert Scheidt não conseguiu alcançar o português Gustavo Lima e permanece na vice-liderança do campeonato, agora co

  
  

Mesmo com uma vitória e um segundo lugar nas duas regatas da classe Laser disputadas no sábado (20/9), em Cadiz, na Espanha, o hexacampeão Robert Scheidt não conseguiu alcançar o português Gustavo Lima e permanece na vice-liderança do campeonato, agora com nove pontos perdidos (já com o descarte a que cada iatista tem direito).

Lima voltou a vencer as duas provas do dia e tem seis pontos perdidos. Estão empatados na terceira
colocação o australiano Michael Blackburn, o neozelandês Andrew Murdoch e o esloveno Vasilij Zbogar, todos com 13 pontos perdidos.

“Tive uma performance boa na fase eliminatória, não desperdicei pontos que poderiam complicar minha classificação final e obtive resultados consistentes. O problema é que o Lima foi excepcional e está fazendo um
campeonato impecável até agora”, afirma Scheidt, de 30 anos, que é patrocinado pelo Banco do Brasil, Bingo Augusta, Varig e Volvo Car Brasil e integra a Equipe Petrobras de Vela.

Atual segundo colocado do ranking da Federação Internacional de Vela (ISAF), o brasileiro inicia na segunda-feira a disputa da flotilha ouro, que reúne apenas os velejadores mais bem colocados nestes primeiros três
dias de competição. Nas seis regatas disputadas desde quinta-feira, os 174 inscritos na classe Laser competiram em quatro grupos distintos.

“Na flotilha ouro terei a chance de tirar a diferença de pontos em relação ao português. Também estou velejando bem e vou tentar pressioná-lo nas cinco regatas restantes”.

Campeão da Semana Pré-Olímpica de Atenas em agosto, o 100º título de sua carreira, Scheidt obteve três vitórias, um segundo e dois quartos lugares até agora no Mundial de Cadiz, que reúne representantes de 62 países na
classe Laser. Não haverá regatas neste domingo, que é reservado para descanso.

André Streppel, Bruno Fontes, Mateus Tavares e Leonardo Back, os outros brasileiros da Laser, terminaram a fase eliminatória na 21ª, 45ª, 53ª e 129ª posições, respectivamente.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em