Scheidt vence as duas primeiras regatas do Brasileiro de Laser

Dono de nove títulos do Campeonato Brasileiro da Classe Laser, o velejador Robert Scheidt, patrocinado pelo Banco do Brasil, Bingo Augusta, Varig e Volvo Car Brasil e integrante da Equipe Petrobras de Vela, largou com tudo em busca do decacampeonato.

  
  

Dono de nove títulos do Campeonato Brasileiro da Classe Laser, o velejador Robert Scheidt, patrocinado pelo Banco do Brasil, Bingo Augusta, Varig e Volvo Car Brasil e integrante da Equipe Petrobras de Vela, largou com tudo em busca do decacampeonato.

Na segunda-feira (02/2), o hexacampeão mundial venceu as duas primeiras regatas da competição e mostrou que conhece como ninguém a raia do Iate Clube Armação, em Búzios.

“Tive um dia excepcional, não poderia ter sido melhor”, afirmou Scheidt, duas vezes medalhista olímpico (ouro em Atlanta/96 e prata em Sydney/2000) e atual segundo colocado do ranking da Federação
Internacional de Vela (ISAF).

“Velejei de uma forma bastante consistente, acertei a largada e venci as duas regatas do dia praticamente de ponta a ponta”, contou.

Com os resultados desse primeiro dia do Brasileiro de Laser, Robert Scheidt lidera a competição com dois pontos perdidos. Na segunda colocação está o espanhol Luis Martinez Doreste (18º do ranking mundial),que obteve um terceiro e um segundo lugares e acumula cinco pontos perdidos. Atual campeão mundial e 10º do ranking, o português Gustavo Lima ficou em quarto e em terceiro, respectivamente, e é o terceiro colocado com sete pontos perdidos.

“Foi um bom começo de campeonato, mas muita água ainda vai rolar. O nível da disputa está bastante elevado, com a participação de 17 velejadores estrangeiros e um total de 60 brigando pelo título”, disse Scheidt, dono de 102 títulos em 21 ano de carreira.

Campeão brasileiro em 1992, 1994, 1995, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002 e 2003, Robert Scheidt tem no Brasileiro uma nova revanche contra Gustavo Lima, que o venceu o Mundial de Cadiz do ano passado por apenas um ponto de vantagem.

Os dois já se enfrentaram no mês passado, na disputa do Campeonato Sudeste Brasileiro, quando o título ficou com Scheidt e Lima foi o vice-campeão.

O Campeonato Brasileiro tem programado um total de dez regatas até o próximo sábado, e cada velejador tem direito a dois descartes dos piores resultados. As provas desta segunda-feira foram disputadas com ventos de aproximadamente 15 nós.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em