Taça Brasil de Rally paga cerca de R$ 40 mil em prêmios

Está acirrada a disputa pela Taça Brasil de Rally, competição que dará prêmio de aproximadamente R$ 40 mil em dinheiro para os melhores pilotos e navegadores de carros, motos, caminhões e quadriciclos dos três eventos organizados pela Dunas Race: Rally do

  
  

Está acirrada a disputa pela Taça Brasil de Rally, competição que dará prêmio de aproximadamente R$ 40 mil em dinheiro para os melhores pilotos e navegadores de carros, motos, caminhões e quadriciclos dos três eventos organizados pela Dunas Race: Rally dos Sertões, Rally Rota Sul e Rally dos Amigos.

Os campeões serão conhecidos durante o Amigos, última etapa da temporada 2004, dia 4 de dezembro, em Itatinga, interior de São Paulo. Nas motos, o líder é Dimas Mattos. Nos carros, a dupla Guilherme Spinelli e Marcelo Vívolo está na frente e nos caminhões Ricardo Domingues e Nilo de Paula lideram. Carlo Collet aparece na ponta entre os quadriciclos.

Carros :

A dupla Guilherme Spinelli/Marcelo Vívolo faz uma temporada impecável e está muito perto da conquista do título da Taça Brasil na categoria carros. Os dois venceram as duas primeiras etapas do ano – Rally Rota Sul e Rally dos Sertões – e somam 50 pontos na classificação geral.

Em segundo lugar, com 29 pontos, estão Maurício Neves e Emerson Cavassin, que ficaram em quarto no Rota Sul e terceiro no Sertões. O terceiro lugar é de Cristian Baumgart e Alberto Andreotti Neto, com 21.

Duas rodas :

Nas motos, a disputa está acirrada. Dimas Mattos, segundo no Rota Sul e quinto no Rally dos Sertões, é o líder da competição, com 31 pontos. Jean Azevedo segue de perto, com 25 pontos. Fabrício Marchesi, também com 25 pontos conquistados com a vitória no Rota Sul, dificilmente continuará na briga, já que sofreu grave acidente durante o Sertões e está em recuperação.

Com Jean ocorreu o inverso. Ele não pontuou no Sul, devido a uma pane elétrica na moto, e venceu o Sertões. O mineiro Bernardo Magalhães está em terceiro lugar, com 20 pontos.

Brutos :

Ricardo Domingues e Nilo de Paula são os primeiros colocados na categorias caminhões. Eles foram os primeiros no Rota Sul e ficaram em terceiro lugar no Sertões, o que resulta na soma de 41 pontos.

A segunda colocação é dividida por André Azevedo/Robson de Paula e Carlos/Guido Salvini, ambos com 36 pontos. André e Robson, os campeões do Sertões, ficaram em quinto no Rota Sul. Os Salvini foram terceiro no Rota Sul e segundo no Sertões.

Os eventos :

Duas das três etapas da Taça Brasil já foram realizadas. A primeira delas, o Rota Sul, ocorreu em abril e percorreu aproximadamente mil quilômetros em terras gaúchas.

No Sertões, a maior prova off road da América Latina e uma das maiores do mundo em número de participantes –foi disputado em julho com mais de quatro mil quiômetros entre Goiânia (GO) e o município de Caucaia, região metropolitana de Fortaleza (CE).

A terceira e última etapa da Taça Brasil, o Rally dos Amigos, como o nome sugere, nasceu da confraternização entre os participantes do Sertões no final de ano.

A fórmula deu certo e hoje a competição é tradicional e marca o encerramento da temporada, já que é a última prova do ano. Pela primeira vez o Amigos será realizado em Itatinga (até o ano passado era disputado na região de Rechã,também no interior paulista).

Premiação da Taça Brasil de Rally

Moto

1º) R$ 5.000,00

2º) R$ 3.000,00

3º) R$ 2.000,00

4º) R$ 1.000,00

5º) R$ 500,00

Carro

1º) R$ 7.000,00

2º) R$ 4.200,00

3º) R$ 2.800,00

4º) R$ 1.400,00

5º) R$ 700,00

Caminhão

1º) R$ 6.000,00

Quadriciclo

1º) R$ 4.000,00

Fonte: VipComm Assessoria de Imprensa

  
  

Publicado por em