Torben e Marcelo sobem para vice-liderança do Mundial de Star

As duplas brasileiras fizeram bonito nesta terça-feira, na disputa da quarta regata do Campeonato Mundial da classe Star, que está sendo disputado em Buenos Aires, na Argentina. Torben Grael e Marcelo Ferreira estiveram sempre entre os primeiros, venc

  
  

As duplas brasileiras fizeram bonito nesta terça-feira, na disputa da quarta regata do Campeonato Mundial da classe Star, que está sendo disputado em Buenos Aires, na Argentina.

Torben Grael e Marcelo Ferreira estiveram sempre entre os primeiros, venceram a prova no Rio da Prata e subiram do terceiro para o segundo lugar, agora com 8 pontos perdidos.

Robert Scheidt e Bruno Prada fizeram uma prova de recuperação, montaram a primeira bóia apenas em 30º, mas chegaram em quinto e continuam na quinta colocação, com 14 pontos perdidos.

Peter Ficker e Marcelo Jordão também mostraram velocidade e chegaram em sétimo. A liderança permanece com os franceses Xavier Rohart e Pascal Rambeau, com 6 pontos perdidos, resultados que já levam em conta o descarte a que cada dupla tem direito.

“Começamos muito mal, mas ainda deu tempo para recuperar”, disse Scheidt, que é patrocinado por Banco do Brasil, Brasil Telecom, Medley Genéricos e Varig e o porta-voz da Volvo Ocean Race.

“Continuamos com uma regularidade boa e não pode ser diferente nos dois últimos dias de competição”, completou o melhor velejador do mundo em 2001 e 2004 segundo a Federação Internacional de Vela (ISAF).

Além da quinta colocação da terça, Robert e Bruno acumulam uma vitória, um oitavo e um décimo lugar. Vice-campeã sul-americana, a dupla disputa apenas a segunda competição internacional e deixou o Brasil com o objetivo de terminar o Mundial até a 15ª colocação.

Com duas vitórias nas quatro regatas já disputadas, Torben e Marcelo descartam no momento a oitava posição da regata de segunda-feira. Seus companheiros no Brasil 1, primeiro barco do país a disputar a Volvo Ocean Race, não tiveram desempenho tão bom.

O espanhol Roberto Chuny Bermudez, velejando com Manrique Domingo, chegou em 10º. Já Guillermo Altadill (com David Veras) chegou em 21º.

Nesta quarta-feira não haverá competição. O Mundial prossegue na quinta, com a penúltima regata, enquanto a prova decisiva será disputada na sexta.

Resultado da terça-feira:

1. Torben Grael Marcelo Ferreira (BRA)
2. Xavier Rohart e Pascal Rambeau (FRA)
3. Philippe Presti e Jean-Phillipe Saliou (FRA)
4. Julio Labandeira e Valentín Thompsom (ARG)
5. Robert Scheidt e Bruno Prada (BRA)
6. Fredrik Loof e Anders Ekstrom (SUE)
7. Peter Ficker e Marcelo Jordão (BRA)
8. Iain Murray e Andrew Palfrey (AUS)
9. Afonso Domingos e Bernardo Santos (POR)
10. Roberto Bermudez e Manrique Domingo (ESP)
20. Lars Grael e Marco Lagoa (BRA)
23. Alessandro Pascolato e Ronald Seifert (BRA)
30. Marcelo Fuchs e Fábio Kraiczyk (BRA)
32. André Mirsky e Marco Aurélio Sá Ribeiro (BRA)

Classificação geral: (com um descarte)

1. Xavier Rohart e Pascal Rambeau (FRA) - 6 pontos perdidos
2. Torben Grael Marcelo Ferreira (BRA) - 8
3. Fredrik Loof e Anders Ekstrom (SUE) - 12
4. Philippe Presti e Jean-Phillipe Saliou (FRA) - 12
5. Robert Scheidt e Bruno Prada (BRA) - 14

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em