Tripulação feminina comemorou bom resultado na Eldorado Alcatrazes

As sete tripulantes do ESPN Brasil tiveram motivos para comemorar a boa performance da embarcação na regata Eldorado Alcatrazes por Boreste - Marinha do Brasil, que abriu no dia 12/7 a 30.º Semana Internacional de Vela de Ilhabela/Copa Mitsubishi Motors/A

  
  

As sete tripulantes do ESPN Brasil tiveram motivos para comemorar a boa performance da embarcação na regata Eldorado Alcatrazes por Boreste - Marinha do Brasil, que abriu no dia 12/7 a 30.º Semana Internacional de Vela de Ilhabela/Copa Mitsubishi Motors/Agfa.

Não bastasse a falta de vento que atrapalhou toda a flotilha, o barco de 32 pés comandado por Adriana Kostiw teve de superar um problema de saúde de uma de suas ocupantes. Mesmo assim terminou em 11.º lugar, com o tempo corrigido de 12h23min30. O resultado surpreendeu muita gente.

A navegadora Tatiana Proença teve sucessivos enjôos no percurso até Alcatrazes, que a fizeram desmaiar. Todas as velejadoras voltaram suas atenções para a companheira, o que atrapalhou o desempenho da embarcação
ainda mais.

“Foi uma prova de fogo para nós. O que fez com que a Tatiana melhorasse um pouco foi o fato de termos entre nós uma estudante de Medicina, a Mariana Frasão, que socorreu nossa iatista e a ajudou a recuperar as forças. Fizemos até turnos de trabalho para que algumas descansassem um pouco”, conta Adriana.

“Por isso, a 11.ª colocação foi uma conquista e tanto, mas não pararemos por aqui. Queremos brigar pelo título da Semana de Vela”, avisa a comandante de 29 anos 20 dos quais vividos em contato com a vela.

Além de Adriana, Mariana e Tatiana, completam o grupo do ESPN Brasil a responsável pela vela balão Andréa Ruschmann, a proeira Samaia Francavilla, a vídeo-repórter do canal, Isabel Swan (que também atua como proeira) e a tática e mestra Isabela Malpighi. A embarcação tem ainda uma velejadora reserva, Renata Belloti.

“Quem pensa que somos café-com-leite dentro d’água está muito enganado. Esquecemos um pouco nossas vaidades e colocamos a mão na massa, sem nos importar com que os homens acham”, ressalta Samaia.

“Se pensam que carregamos em nossas mochilas batons e outras maquiagens estão errados de novo. Fazemos o nosso melhor sempre, com atenção total em cada detalhe, e somos muito unidas quando estamos competindo”.

Andrea Ruschmann recorda-se de uma situação em que os homens de uma embarcação que competia com algumas das velejadoras que hoje estão no ESPN Brasil foram deselegantes.

“Na Semana de Vela de 2000, estávamos no barco AES e, no meio do Canal de São Sebastião, pedi água para um tripulante adversário, que negou. De maneira geral, os homens nos respeitam bastante e dão muita força”, completa.

A 30.ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela possui responsabilidade técnica da Federação Brasileira de Vela e Motor (FBVM), da diretoria de vela do Yacht Club Ilhabela e dos juízes nacionais e internacionais convidados.

O patrocínio é da Mitsubishi Motors do Brasil e Agfa e o co-patrocínio da Semp Toshiba. Apóiam o evento a Marinha do Brasil, Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer do Estado de São Paulo, Capitania dos Portos de São Sebastião, Prefeitura Municipal de Ilhabela, Secretaria de Esporte e Turismo de Ilhabela, Federação Brasileira de Vela e Motor, Associação Brasileira de Veleiros de Oceano (ABVO), Rádio Eldorado, Estaleiros Fighter, Lojas Regatta, Brancante Seguros, TAM, Litokromia, Associação Comercial e Industrial de Ilhabela (ACII) e Associação de Bares, Hotéis, Restaurantes e Similares de Ilhabela (ABHRI).

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em