Vanderlei Cordeiro garantiu vitória na 11.ª edição da Maratona Pão de Açúcar

A 11.ª edição da Maratona Pão de Açúcar de Revezamento, que reuniu o número recorde na América Latina de 25.480 participantes na manhã de domingo(21/9)na Cidade Universitária, teve um final compatível com a grande festa que foi a competição. Afinal,

  
  

A 11.ª edição da Maratona Pão de Açúcar de Revezamento, que reuniu o número recorde na América Latina de 25.480 participantes na manhã de domingo(21/9)na Cidade Universitária, teve um final compatível com a grande festa que foi a competição.

Afinal, o bicampeão pan-americano de maratona Vanderlei Cordeiro de Lima, da equipe de oito atletas do Pão de Açúcar/BM&F, conseguiu tirar uma desvantagem inicial de quase 1min30, ultrapassar Eraldo Teixeira, do Cruzeiro, a poucos metros da chegada e completar a distância de 42,2quilômetros em 2h05min42, apenas oito segundos à frente da equipe mineira. A Symap/Nike terminou em terceiro lugar, com 2h07min50.

Vanderlei, que emocionou os brasileiros com a conquista da medalha de ouro na maratona dos Jogos de Santo Domingo, em agosto, comemorou muito a vitória, completando a prova com o tradicional “aviãozinho”. Muito feliz, o atleta paranaense, de 34 anos, admitiu que não acreditava na vitória quando começou a correr os seus 5.275 metros do percurso.

“Saí mais de 300 metros atrás do corredor do Cruzeiro e essa é uma distância muito difícil de tirar, principalmente numa prova com tantos atletas e com tanto tráfego”,
lembrou. “Foi uma das vitórias mais importantes deste ano.”

Vanderlei Cordeiro de Lima correu ao lado de outros destaques, como o brasiliense Marilson Gomes dos Santos, medalha de prata nos 10 mil e de bronze nos 5 mil metros do Pan-Americano de Santo Domingo; Celso Ficagna, Fernando Alex Fernandes, Gílson Vieira da Silva, Fabiano dos Santos, Eduardo Nascimento e Vinícius Campos Lopes.

“Foi uma vitória maravilhosa, de superação”, comentou o técnico Ricardo D’Angelo, que não contou com dois titulares da equipe inicialmente inscrita (Paulo Vitor Lunkes e Caetano Joaquim dos Santos).

“Os atletas correram muito e mereceram a vitória.”

O coordenador da Pão de Açúcar/BM&F procurou elogiar todos os integrantes da equipe, mas acabou destacando o desempenho de Vanderlei e de Gílson Vieira da Silva, um ex-gari mineiro, que correu seu trecho de prova 40 segundos mais rápido do que Wendel Cruz, que foi o quinto homem da equipe do Cruzeiro.

Com pouco mais de um ano de atletismo, Gílson ficou feliz com o elogio. “Corri à vontade, sem pressão e pude impor um ritmo forte”, diz o fundista mineiro, de 27 anos, que agora se dedica apenas às corridas. “Quero ter saúde para melhorar cada vez mais.”

Se os integrantes da equipe Pão de Açúcar / BM&F estavam muito felizes, os do Cruzeiro estavam decepcionados. A equipe, bicampeã da prova, esteve bem perto de mais uma vitória.

“É uma pena. Estava na frente e fiz o meu máximo. Mas o Vanderlei fez uma prova excepcional”, disse Eraldo Teixeira, que cruzou a linha de chegada com a bandeira do Cruzeiro nas mãos. “Infelizmente, não dá para vencer sempre.”

Na equipe Symap/Nike, terceira colocada, a expectativa também era de um melhor resultado. “Nosso objetivo era a vitória. Treinamos muito para isso, mas garantimos um lugar no pódio e chegamos à frente da equipe portuguesa, que ganhou a prova de quatro corredores”, comentou Alan Wendel. “Vamos tentar melhor sorte no ano que vem.”

A equipe Gêmeos Castro/PA Club, de Portugal, foi composta por Domingos Castro, Paulo Guerra, Eduardo Henrique e Helder Ornelas e completou os 42,2 quilômetros em 2h08min31, vencendo a sua categoria.

Mizuno/BM&F vence no feminino

A equipe Mizuno/BM&F confirmou seu amplo favoritismo na categoria feminina. Com Marlene Moreira, Maria das Graças Moreira, Giovanna Costa, Sirlene Souza, Zenaide Vieira, Fabiana Cristiane da Silva, Michele Chagas e Maria Cristina Vaquero Rodrigues, a equipe venceu com 2h32min34, quase cinco minutos mais rápido do que a Painel Musical-Trama, segunda colocada.

“É muito bom vencer, principalmente esta prova que é uma verdadeira festa do atletismo. A corrida contou com a participação de muitos atletas, o que obrigou a gente a fazer muitos ziguezagues”, lembrou Maria Cristina Vaquero. “No final, tudo foi muito legal.”

A competição atraiu mais de 50 mil pessoas para a Cidade Universitária, segundo estimativas da organização, e distribuiu R$ 49 mil em vales compra da rede Pão de Açúcar como prêmio. As equipes campeãs ganharam R$ 1 mil por atleta.

Além dos corredores de elite, a prova contou com a participação de atletas de outros esportes, como os triatletas Santiago Ascenço e Fernanda Keller e o piloto Guto Negrão, da Stock Car. Correram também a apresentadora e modelo Daniella Cicarelli e o apresentador Thunderbird.

Abílio Diniz e João Paulo Diniz, integrantes do Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar, também correram, integrando a denominada equipe 1, ao lado de Caio Mattar, Pedro Mouta, Jota Júnior e dos atletas Adriano Bastos, Marilson Gomes dos Santos e Vanderlei Cordeiro de Lima (os dois últimos correram também pela equipe campeã geral).

Classificação final:

Masculino 8

1. Pão de Açúcar/BM&F (Celso Ficagna, Fernando Fernandes, Gilson Santos, Fabiano Santos, Marilson Gomes, Eduardo Nascimento, Vanderlei Cordeiro, Vinicius Lopes), 2h05min42

2. Cruzeiro EC (Emerson Iser Bem, Fernando Santos, Genilson Silva, José Souza, Lindomar Oliveira, Paulo Santos, Eraldo Teixeira, Wendel Cruz), 2h05min50

3. Symap/Simon Franco/Nike (Alan Wendel, Domingos Silva, Lilialdo Koball, Everton Moraes, Luiz Carlos da Silva, Wellington Fraga, Gilson Miranda, Emerson Souza), 2h07min50

Feminino 8

1. Mizuno / BM&F (Zenaide Vieira, Fabiana Silva, Maria Rodrigues, Maria Moreira, Marlene Silva, Michele Chagas, Giovanna Costa, Sirlene Pinho), 2h32min34

2. Painel Musical-Trama (Elizabeth Souza, Alice Castro, Rosemeire Silva, Josana Tobias, Debora Ferraz, Karina Salla, Maria Nascimento, Andrea Celeste), 2h37min21

3. Meninas do Gayotto/Adidas (Maria Lucia, Ana Claudia, Kelly Imaculada, Maria dos Remédios, Regina, Cirlene, Maria de Fátima, Debora), 2h41min03

Masculino 4

1. Gêmeos Castro/PA Club (Domingos Castro, Paulo Guerra, Eduardo Henrique, Helder Ornelas), 2h08min31

2. Find Yourself (Leandro Oliveira, Fabiano Santos, Luiz Cláudio Miranda, Orlando de Lima), 2h15min12

3. Sergel Sports 1 (Adalcio dos Santos, Antonio Sales, Gilberto Santos, Vitor Fernandes), 2h15min37

Feminino 4

1. Painel Musical-Trama (Elizabeth de Souza, Marlene Moreira da Silva, Conceição Oliveira, Maria Auxiliadora dos Santos), 2h37min56

2. Meninas do Gayotto/Powerbar (Maria de Fátima, Maria Lucia, Kelly, Ana Cláudia), 2h43min46

3. Top Notch Trainning (Conceição Oliveira, Ilaine Wandscheer, Maria Santana, Josinalva Valentim), 2h49min24

Masculino 2

1. Cuca 9 (José de Araújo, Abraão Rodrigues), 2h21min24

2. ADC Carbocloro (Adilson Dama Pereira, Luiz Carlos dos Santos), 2h22min52

3. AFS Ultranunes (Jailson Araújo, Geovane Santos), 2h26min54

Feminino 2

1. Consórcio Embracon (Valkíria Prieto, Valéria Prieto), 2h49min38

2. Projeto Mulher (Cristina de Carvalho, Maria das Graças), 2h50min34

3. Find Yourself (Rosângela Figueiredo, Erika), 2h51min49

A 11.ª Maratona Pão de Açúcar de Revezamento foi uma realização do Pão de Açúcar, com organização da Gayotto de Luca e supervisão da Confederação Brasileira de Atletismo. O patrocínio é de Unibanco, Kaiser, Nike e Sadia Vida Light.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em