Volta do Rio é válida pelo ranking da União Ciclística Internacional

Ao conquistar no último domingo (28) o título da 48ª Volta de Porto Alegre vencendo quatro etapas consecutivas, o ciclista André Grizante, da equipe Extra Caloi, confirmou a boa fase e se credenciou com uma das forças do time de Suzano para a disputa d

  
  

Ao conquistar no último domingo (28) o título da 48ª Volta de Porto Alegre vencendo quatro etapas consecutivas, o ciclista André Grizante, da equipe Extra Caloi, confirmou a boa fase e se credenciou com uma das forças do time de Suzano para a disputa da Volta Internacional do Rio de Janeiro, que acontece de 13 a 18 de abril. Porém, se Grizante é nome certo, a equipe comandada pelo ex-campeão mundial Mauro Ribeiro ainda não está fechada.

“Como posso inscrever na prova seis titulares e mais dois reservas, todo mundo está cotado. Se nenhuma contusão atrapalhar, já estão confirmados André Grizante, Zezinho (José Aparecido dos Santos), Renato Rohsler, Patrique Azevedo e Daniel Soeiro. A última vaga fica entre o Renato Ruiz, o Jean Carlos Morowski e o Morcegão (Rodrigo de Melo Brito)”, explicou Mauro Ribeiro.

Válida pelo ranking da União Ciclística internacional (UCI), que vai apontar os países participantes da Olimpíada de Atenas, a Volta do Rio é uma das prioridades da Extra Caloi em 2004. Segundo o comandante da equipe de Suzano, a prova é um exemplo para a América Latina.

“Provas como essa somente nos Estados Unidos. A Volta do Rio é uma referência de todas as equipes, não somente da Extra Caloi”, disse Mauro.

A programação inicial da equipe de Suzano era finalizar a preparação para a Volta do Rio em Campos do Jordão. Mas Mauro Ribeiro apostou em um treinamento individual.

“Em vez de reunir todo o grupo, preferi que cada ciclista faça uma manutenção do condicionamento físico individualmente. É hora de ficar com a família e descansar a cabeça porque quem treinou, treinou...”, disse.

Cada atleta da Extra Caloi tem uma planificação de treinamento intensivo ou mais brando, conforme combinado com o treinador.

“Alguns querem puxar o ritmo, enquanto outros treinam com apenas 60% da capacidade que possui. Eles são seres humanos e precisam se sentir aptos para realizar o treinamento determinado”.

Na temporada 2004, a Extra Caloi fez bonito em várias competições internacionais, vencendo cinco etapas na Volta do Estado de São Paulo (três com André Grizante, uma com Daniel Soeiro e uma com Patrique Azevedo), uma na Volta do Sul do Chile (Patrique Azevedo), quatro no Torneio de Verão (Morcegão, Patrique e duas com Grizante) e quatro etapas na Volta de Porto Alegre (todas com Grizante).

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em