Se o problema é o governo, que tal uma cidade sem leis e sem governantes?

Sim, essa cidade existe desde a década de 60 e lá ninguém é dono de nada e tudo funciona muito bem, obrigado.

  
  
Matrimandir, um templo de Paz

Não é novidade que cada vez mais pessoas procuram destinos exóticos para visitar, assim como também não é novidade a busca cada vez mais intensa de sustentabilidade econômica.

Imagine, entretanto, os conceitos de “exótico” e de “sustentabilidade” sendo elevados ao extremo e se materializarem em forma de uma comunidade pacífica, sem disputas e praticamente sem dinheiro. Um lugar onde todos vivem em comunhão, independentemente de suas crenças e sem que estejam submetidos a leis para isso. Pois esse lugar existe e se chama Auroville, na Índia.

Dizer que Auroville é uma cidade sem dono e sem lei pode parecer uma crítica, mas, na verdade, é uma das maiores qualidades do local. Assim, conheça tudo sobre Auroville e saiba por que ela desperta tanta curiosidade.

O que é Auroville?

Auroville é uma cidade na Índia que tem como objetivo principal a convivência harmônica de seus moradores. Atualmente, conta com cerca de 2 mil moradores e é uma das poucas utopias feitas pelo homem que deram – e continuam dando – certo.

A cidade abriga pessoas de todos os lugares do mundo e segue valores e preceitos muito específicos. O resultado é um lugar que parece um oásis no deserto, aliando tranquilidade, harmonia e sustentabilidade ambiental.

Princípios e valores de Auroville

O principal valor de Auroville é ser uma cidade global, em que ninguém é dono do local e todos coexistem pacificamente. Também não existem líderes, políticos ou religiosos, e, com isso, não existem leis.
Além disso, a sustentabilidade ambiental é outro dos princípios da cidade, que visa à proteção da natureza acima de todas as outras coisas. Assim, as produções de itens são feitas de maneira responsável e a cidade é abastecida por energia solar e biogás.

A fundação de Auroville

Em 1930 as primeiras ideias sobre a criação de uma ecovila como Auroville surgiram, mas foi somente na década de 60 que o projeto ganhou vida. Assim, o projeto foi idealizado por Sri Aurobindo, seguidor de Gandhi, e por Mira Alfassa, sua principal seguidora, companheira e também conhecida como “A Mãe” e fundadora da cidade.

Em 1966 o projeto recebeu a aprovação da UNESCO e em 1968 a cidade foi inaugurada, sendo preservada até hoje.

Estrutura física de Auroville

A estrutura física de Auroville e sua disposição também chamam a atenção já que a cidade é cercada por um cinturão verde, com florestas e muita vegetação. Dentro da cidade, ela é feita em forma de espiral, simbolizando a evolução humana
No centro há o majestoso Templo Matrimandir, construído com discos de ouro. Essa área é chamada de Área da Paz e também conta com um lago e com uma urna que contém a terra de 121 nações e 23 estados indiano

Além da Área da Paz, existem a Área Industrial, onde estão localizadas as pequenas e médias indústrias e centros comerciais; a Área Cultural, onde são feitas pesquisas para a educação e expressão artística; a Área Internacional, que mostra a diversidade de seus moradores e onde podem se manifestar e a Área Residencial, que é a maior de todas e é onde os moradores estão estabelecidos.

Casa em Auroville
Os estilos de residências podem ser livres
E há quem prefira viver mais perto da floresta
Loja de Música

Moradores

Atualmente a cidade conta com aproximadamente 2.400 moradores de 45 países diferentes e de todas as idades. Cerca de 800 moradores são indianos.

Para se tornar um morador é preciso passar por uma visita e por uma entrevista. Tendo seu pedido aprovado após um período de experiência, o candidato deve confirmar seu interesse em permanecer na cidade.

Em Auroville quase não há circulação de dinheiro. O que funciona melhor é a troca, seja de produtos ou de serviços

Como chegar e se hospedar em Auroville

Auroville está localizada nos estados de Tamil Nad e de Puducherry, ficando aproximadamente a 10 km ao norte da cidade de Puducherry. Assim, o ideal é chegar a Puducherry e alugar um meio de transporte, geralmente o tuk-tuk, para que se possa chegar a Auroville.

A cidade é aberta para o público e, com isso, possui alguns hotéis para que turistas possam se hospedar com conforto e tranquilidade.

Centro de Visitantes

Assim, Auroville é um destino nada convencional e que mostra como a convivência pacífica entre povos é possível. Se você deseja viver uma experiência diferente e fora de qualquer rota turística convencional, Auroville é o lugar para visitar.

  
  

Publicado por em