Fuja da Crise! Conheça 4 países para curtir (muito) gastando a partir de US$ 35 dólares por dia

Com um gasto diário de no mínimo R$ 126 é possível se hospedar, pagar alimentação e ainda fazer passeios turísticos em países paradisíacos como a Índia, Nepal, Honduras e Indonésia

  
  
É possível conhecer a idílica Bali, na Indonésia, gastando a partir de R$ 144

Mesmo com a recente queda do dólar ainda continua cara fazer a tão sonhada viagem internacional, mas existem países que é possível conhecer gastando 'quase nada'. O site Guia da Semana fez uma listagem com algumas nações para curtir muito gastando menos de R$ 126 (US$ 35) por dia e sem mágicas para isso. O 'segredo' para os baixos valores são destinos que também possuem sua moeda desvalorizada em relação ao dólar e ao real, além de não estarem na rota principal dos turistas.

Não ser lembrado de primeira pelos viajantes não faz destes países um destino ruim, muito pelo contrário. Com paisagens únicas, como as 17 mil ilhas idílicas da Indonésia ou a cultura ímpar da Índia, gastar pouco definitivamente não é sinônimo de uma viagem sem graça.

Nepal (US$ 35/dia)

É possível pagar pela alimentação, hospedagem e ainda ter pequenos luxos gastando 'apenas' R$ 126 por dia no Nepal

Encravado entre a China e a Índia, na Ásia, o Nepal é famoso por seus templos e pela Cordilheira do Himalaia, além de também ser conhecido pelos módicos preços que são cobrados. Com pouco desenvolvimento e uma mão de obra muito barata aliados a uma moeda fraca, a Rupia nepalesa, transformam o país num dos mais baratos do mundo para se visitar. É possível pagar pela alimentação, hospedagem e ainda ter pequenos 'luxos' gastando aproximadamente US$ 35 (R$ 126) por dia.

Um dos mais tradicionais destinos para quem busca uma jornada espiritual, o país também é famoso pelo Monte Everest, mais alta montanha do mundo, que está situada na cordilheira do Himalaia. Ela marca a fronteira natural entre a China e o Nepal. Com incríveis 8.848 metros de altura, o monte tem seu lado sul localizado no Nepal e a ponta norte, na região do Tibet.

Mapa


.
Honduras (US$ 35/dia)

O paradisíaco país da América Central é um dos mais baratos para se visitar no mundo

Um dos mais belos países da América do Sul é também um dos mais baratos. Passar o dia em Honduras, que tem seu nome ligado ao fato de suas águas serem profundas (hondura), custa aproximadamente US$ 35 (R$ 126) por dia, com hospedagem, alimentação e passeios inclusos! Um dos países mais pobres do mundo, que possui aproximadamente 63% da população abaixo da linha da pobreza, tem seu custo de vida muito barato, ainda mais quando comparado a moedas fortes da região, como o dólar e o real.

Se as praias paradisíacas já chamam a atenção por suas belezas, as ruínas de Copan são a cereja do bolo. Considerada a "Paris Maia", as antigas construções revelam que o local era o centro cultural da antiga civilização. Muito preservadas, as ruínas ainda revelam uma cidade toda pavimentada em pedras e prédios em adobe com telhados vermelhos.

Mapa


.

Indonésia (US$ 40/dia)

A ilha de Bali também é conhecida por seus templos religiosos, que lhe deu o apelido de “Ilha dos Mil Templos”

Conhecida mundialmente por suas praias paradisíacas, a Indonésia é um país insular localizado entre a Ásia e a Oceania. Composta por 17.508 ilhas, ela possui 251 milhões de habitantes. Sua capital Jacarta é a principal cidade e abriga 18,2 milhões de pessoas, mas o grande destaque fica com Bali. A cidade das praias paradisíacas, com mar de água translúcida, é parada obrigatória dos turistas que vão a Indonésia. Com uma mão de obra barata e sua moeda, a Rupia indonésia, também desvalorizada em relação ao dólar é possível curtir o país por apenas US$ 40 (R$ 144) ao dia. Neste valor estão inclusos gastos com alimentação, hospedagem e passeios.

Pitorescas e únicas, as principais praias de Bali são Jambaran, Semaniyak e Kuta e todas possuem o 'tradicional' mar esverdeado com areia branca e fina. Além do litoral, a ilha é conhecida por seus templos religiosos que lhe deu o apelido de “Ilha dos Mil Templos”. O grande ponto de ebulição no turismo local foi quando Bali serviu de cenário de gravação para o filme “Comer, Rezar e Amar”. Após isso, a região se transformou num centro de peregrinação de turistas em busca da "paz interior", assim como fez a personagem interpretada pela atriz Julia Roberts.

Mapa


.

Índia (US$ 40/dia)

A dica é conhecer Goa, que conta com mais de 100 quilômetros de praias idílicas

Segundo país mais populoso do mundo, a Índia possui muito mais do que sua culinária ímpar e seus luxuosos palácios históricos. O país, com um farto litoral, conta com praias paradisíacas, como a região de Goa, na área ocidental da maior nação hindu. Com preços muito baratos e a rupia indiana desvalorizada é possível viajar à Índia gastando cerca de US$ 40 (R$ 144) por dia, com hospedagem, alimentação e passeios pelo país.

A dica é conhecer Goa, que é o último território de Portugal na Índia e conta com mais de 100 quilômetros de praias idílicas atraindo pessoas do mundo inteiro à região. Mochileiros, hippies e aventureiros são a maioria dos viajantes nesta praia que faz o turista achar que está numa cidade portuguesa. A grande dica é acompanhar ao final da tarde o pôr do sol, que está entre os mais belos e encantadores do mundo. Devido ao fato da vaca ser um animal sagrado na Índia é comum avistá-las vagando por ruas, terrenos e até mesmo tomando um banho de mar na praia.

Mapa

  
  

Publicado por em