Sabia que é possível comprar legalmente o Green Card?

Querendo morar fora do Brasil? Um Programa norte-americano troca o visto permanente EB-5 por um investimento de US$ 500 mil no país, em imóveis ou num novo negócio. Após cinco anos o valor ainda pode ser recuperado

  
  
Independentemente do retorno ou não do investimento, após dois anos o interessado irá receber o Green Card

Com o retorno da inflação, desemprego em alta e a crise econômica sem dar sinais de melhora, se mudar do Brasil pode ser uma solução. O problema é conseguir o tão sonhado visto de permanência em outros países, mas nos Estados Unidos, o famoso Green Card pode ser, literalmente, comprado por qualquer cidadão e não se trata de alguma ação ilegal.

Chamado de 'Visto de Investidor', o EB-5 é um Programa do governo norte-americano que visa atrair investimentos financeiros estrangeiros, que gerem empregos no país. Criado em 1990, ele permite que seus portadores possam permanentemente morar e trabalhar nos Estados Unidos, mas para isso é necessário um investimento inicial de US$ 500 mil (R$ 2,1 milhões), no desenvolvimento de um novo negócio ou num projeto imobiliário. Após o valor ser investido no mercado norte-americano, o interessado no visto ainda deverá comprovar que gerou 10 empregos para trabalhadores ianques.

Independentemente do retorno ou não do investimento, após dois anos o interessado irá receber o tão esperado Green Card e durante o primeiro ano, o visto será provisório. O EB-5 também dá direito de visto à esposa e filhos de até 21 anos, além de permitir que o investidor recupere a quantia inicial aplicada no país após cinco anos, dependendo do desempenho do seu negócio. O dinheiro usado para o aporte no Visto EB-5 deve ser comprovadamente de fontes lícitas.

Os portadores do visto EB-5 podem permanentemente viver e trabalhar nos EUA, sem a necessidade de comprovar escolaridade ou experiência profissional, além de residirem e trabalharem em qualquer estado do país. Outra vantagem do programa é que os filhos dos investidores terão direito a descontos nas mensalidades das universidades locais.

O valor do investimento de no mínimo US$ 500 mil está mantido pelo governo norte-americano até 30 de setembro de 2016, quando poderá sofrer um reajuste. Desde a criação do plano há 26 anos, o valor sempre foi renovado anualmente sem qualquer alteração. A iniciativa já gerou mais de 150 mil empregos diretos e forneceu cerca de 19 mil vistos para estrangeiros no país.

Visto de investimento em outros países
A venda de Green Card's não é exclusivo dos Estados Unidos, mas o país se destaca por possuir o menor valor entre as nações mais desenvolvidas do mundo. Para comprar um visto na Inglaterra é necessário investir no mínimo 2 milhões de Libras Esterlinas, cerca de R$ 11,5 milhões. Já um visto português 'custa' 500 mil Euros (R$ 2,23 milhões). Também existem outras opções mais baratas, como para Dominica (US$ 100 mil ou R$ 405 mil) e São Cristóvão e Nevis (US$ 400 mil ou R$ 1,6 milhão), que permitem viajar para dezenas de outras nações sem a necessidade de vistos.

  
  

Publicado por em