Primeira metrópole do mundo, 'Manhattan do deserto' também é a pioneira em arranha-céus

Localizado no deserto do Iêmen, o vilarejo de Shibam também foi a primeira cidade planejada do mundo e conta com mais de 500 prédios que medem até 40 metros de altura. Verdadeiros 'arranha-céus' para o século XVI

  
  
Datada do século XVI, Shibam, no Iêmen, é considerada a primeira metrópole do mundo, além de também ser a pioneira em arranha-céus

Quem acha que o conceito de grandes aglomerações urbanas com dezenas de 'arranha-céus' nasceu no século XX em cidades, como Nova York, está errado. Datada do século XVI, Shibam, no Iêmen, é considerada a primeira metrópole do mundo, além de também ser a pioneira em arranha-céus. Localizado no deserto de Ramlat al-Sab'atayn, o local é uma ilha de pedra no meio de uma das regiões mais áridas do mundo.

Reconhecida como Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO, Shibam também é a primeira cidade planejada do mundo. Com mais de 500 prédios de até 40 metros de altura e 11 andares, a localidade possui cerca de 7 mil habitantes que moram em construções feitas de areia, barro, argila e água que possuem mais de cinco séculos de existência. Devido a 'fragilidade' dos materiais utilizados, elas são constantemente reformadas para resistirem aos fortes ventos e calor do deserto.

A construção dos primeiros arranha-céus foi uma mescla de necessidade militar e aumento populacional. Com os muros limitando o crescimento da cidade e a falta de torres de observação, decidiram construir grandes prédios para aglomerar a crescente população sem a necessidade de aumentar as muralhas e ainda ter uma visão mais ampla das proximidades.

A região é habitada desde 300 a.C., mas as muralhas que cercam a 'Manhattan do deserto' só foram construídas séculos mais tarde para proteger a população dos constantes ataques de povos nômades e principalmente, dos beduínos. Como Shibam está situada num enorme vale com formações rochosas ao seu redor, a cidade ficava vulnerável à invasões inimigas e a única solução encontrada foi cercá-la.

Se a posição geográfica gerava um problema estratégico ao vilarejo no passado, ela também é responsável pelo maior problema que enfrentam atualmente. No período dos "Wadis", a região é inundada pelas águas das fortes chuvas que caem sobre a cidade e se acumulam no vale, exatamente onde Shibam está situada. Numa relação de amor e ódio, os "Wadis" são a única fonte de água da população local, se tornando um mal necessário.

Mapa


.

Com os muros limitando o crescimento da cidade e a falta de torres de observação, decidiram construir grandes prédios para aglomerar a crescente população
Reconhecida como Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO, Shibam também é a primeira cidade planejada do mundo
  
  

Publicado por em