Quer fugir da rotina? Conheça hotéis únicos pelo mundo

Já pensou em se hospedar em bangalôs na copa de uma árvore? Ou então passar algumas noites dentro de uma suíte embaixo d'água? Espalhados pelos quatro cantos do planeta, alguns hotéis se destacam por serem únicos no mundo

  
  
Entre os locais únicos está o primeiro hotel subaquático do mundo que fica situado a 12 metros de profundidade

Quem nunca ficou hospedado num hotel? Seja por trabalho, necessidade ou até lazer, eles estão presentes diariamente na vida de milhões de pessoas ao redor do mundo. Ao longo da história, esta hospedagem temporária foi sendo moldada e transformada em locais luxuosíssimos ou até bizarros, conforme o foco comercial.

Se em nações como Dubai, o hotel Burj Al-Arab se transformou num símbolo do glamour e luxo que só o petróleo pode fazer, em outros países há quem prefira o oposto. Localizado na Costa Rica, a Finca Bellavista é uma mescla de comunidade hippie com quartos de hotel no topo de árvores, dentro de uma densa floresta tropical. O que não faltam são opções de hospedagem para todos os tipos de desejos e bolsos!

Agora, é escolher o hotel que mais se adapta ao seu (bolso!) gosto e curtir uma estadia dos sonhos e única!

Hotel do divórcio

Conhecido como 'Divorce Hotel', este modelo inovador funciona de forma simples unindo os serviços de hospedagem e atendimento jurídico num só lugar. As pessoas entram casadas e saem divorciadas em apenas 48 horas

O local que muitas vezes é símbolo da tão desejada lua-de-mel se transformou no ponto final do relacionamento. Conhecido como 'Divorce Hotel', este modelo inovador, que está localizado em Saratoga Springs (Nova York/EUA), funciona de forma simples unindo os serviços de hospedagem e atendimento jurídico num só lugar. As pessoas entram casadas e saem divorciadas em apenas 48 horas. Só não é permitido brigas e discussões no local!

O empreendimento oferece serviços comuns em outros hotéis como spas, piscinas, refeições e áreas de lazer. O diferencial está nos advogados, contadores e corretores que são disponibilizados para resolverem todos os tipos de divergências, incluindo até aquela disputa pelo vaso de porcelana chinesa rachado que ficava na sala do casal. Segundo o Hotel, durante a hospedagem dos futuros divorciados, os (ainda) casais geralmente optam por permanecerem em quartos separados, porém os que preferirem aproveitar a última noite a dois podem ficar na mesma suíte. Uma estadia de dois dias com o serviço incluso custa a partir de R$ 14,3 mil.

Resort Nazista

Atualmente, mais de 70 anos após o início da construção, o local ganhará uma nova vida e se tornará pela primeira vez um resort, como desejava Hitler

Você ficaria hospedado num resort construído por Adolf Hitler especialmente à elite nazista? O incrível complexo que está localizado em Rügen, maior ilha alemã, foi construído durante o 3º Reich, entre os anos de 1936 e 1939. Nomeado de Prora, o colossal prédio começou a ser erguido como primeira ação do projeto "Kraft durch Freude" (Força através da Alegria, em português), mas devido a 2ª Guerra Mundial nunca foi finalizado.

Situado a 150 metros da praia, o complexo possui 4,5 quilômetros de extensão e capacidade para até 10 mil famílias. Juntamente com o setor hoteleiro há outros oito edifícios que serviriam como áreas de lazer e restaurantes que teriam capacidade para atenderem até 20 mil pessoas, mas nuca foram totalmente concluídos. Atualmente, mais de 70 anos após o início da construção, o local ganhará uma nova vida e se tornará pela primeira vez um resort, como desejava Hitler. O complexo está sendo totalmente reformado por uma empresa alemã que irá transformar os prédios abandonados em um hotel cinco estrelas. A intenção é que também funcione um spa na enorme estrutura, além de restaurantes e áreas de lazer.

Hotel nas árvores

Tudo começou em 2006, quando Mateo foi com amigos a uma surf trip pela Costa Rica

Buscando a harmonia, tranquilidade e serenidade, o casal Mateo e Érica Hogal começou em 2006, o que hoje se tornou um espaço perfeito em busca da paz espiritual. Eles criaram uma comunidade chamada Finca Bellavista – uma Sustentável Comunidade de Casas na Árvore - que é baseada num conceito hippie moderno, onde a natureza acolhe o homem que apenas quer apreciá-la.

Atualmente, com mais de 600 hectares de área, o casal abriga uma pequena comunidade e ainda aluga quartos para turistas. No momento, o 'hotel' não está aceitando novos moradores permanentes, mas os temporários são sempre bem vindos e ainda 'ganham' uma vista ímpar para o Rio Bellavista.

Hotel submerso

Todas as instalações serão transparentes, proporcionando uma visão panorâmica do fundo do mar

Além de todas as maravilhas naturais das Ilhas Fiji, o homem decidiu dar uma ajuda e projeta construir um dos mais belos hotéis do mundo. Pensando em inovar, um grupo de empresários projetou um resort totalmente submerso localizado em uma ilha privada do arquipélago. O Poseidon Undersea Resort será o primeiro hotel subaquático do mundo e estará situado a 12 metros de profundidade. O local contará com 20 suítes, além de um quarto principal, intitulado como ‘Nautilus Suíte’, que possui incríveis mil metros quadrados.

Todas as áreas comuns do resort, inclusive os quartos, serão transparentes e permitirão uma visão panorâmica do fundo do mar. Porém, o grande destaque do complexo hoteleiro que está avaliado em U$ 500 milhões (R$ 1,7 bi) é o restaurante rotativo. Ele girará a cada 40 minutos proporcionando uma visão de 360º do fundo do mar aos hóspedes. Apesar de o hotel ter previsão de oferecer diversas opções de lazer em terra, ninguém vai querer sair para nenhum lugar, pois a atração é o fundo do mar.

Hotel 7 estrelas

O que realmente distingue o hotel sete estrelas dos seus pares são as suítes, entre elas as Imperiais que possuem 670m² de puro luxo e ostentação

O Burj Al-Arab é considerado o hotel mais luxuoso do mundo e não é para menos. Afinal, é o único existente que possui sete estrelas, porém tudo tem o seu preço. Apenas para conhecer o suntuoso hall, com folhas de ouro, é necessário desembolsar US$ 85 (R$ 297). A ideia dos arquitetos era que o prédio se transformasse no símbolo de uma Dubai moderna, mas que não esquecesse o seu passado. Realmente, o edifício em formato de vela virou um marco de uma nação desenvolvida e ainda homenageou sua história, pois a construção foi feita na forma de uma vela de dhow, um tradicional barco da região. Com 202 suítes, sendo as menores com 52m², o Burj Al-Arab ainda possui sete restaurantes, spa, health Center, heliporto, jardins de golfe, várias piscinas, além de uma praia privada e um clube destinado apenas para crianças.

Mas o que realmente distingue o hotel sete estrelas dos seus pares são as suítes. Todas são duplex, as mais modestas possuem jacuzzi e sala de estar, entre outras facilidades mais 'normais'. Depois, ainda tem um mundo à parte que corresponde ao 25º andar que é ocupado pelas duas suítes Imperiais que deixaria muito monarca de boca aberta. Com 670m² de puro luxo e ostentação, elas oferecem desde um Rolls Royce Phantom com chauffeur até diversos 'mimos', como um banheiro de mármore com um mini spa em seu interior. Seu preço? Cerca de US$ 10 mil (R$ 35 mil) a diária.

ERRATA (13h28): Ao contrário do informado na matéria sobre o hotel submerso, ele ainda não foi construído e está em fase de elaboração de projeto.

  
  

Publicado por em