Sem destino para o feriadão? Curta 6 praias paradisíacas no eixo Rio-São Paulo

Situadas entre as duas maiores regiões metropolitanas do país, estas praias oferecem belezas a 'la Caribe', com preços em Real, e ainda dispensam uma programação antecipada

  
  
Uma das mais belas praias do eixo Rio-São Paulo, a Olho de Boi é famosa por ser frequentada por naturistas e pela exuberante natureza

É possível viajar para paraísos no eixo Rio-São Paulo sem se organizar com muita antecedência e melhor ainda, gastando pouco. Ilha das Couves, Lagoa Azul e Barra do Sahy são algumas das dezenas de praias, entre as duas maiores regiões metropolitanas do país, que podem ser visitadas ainda neste feriado prolongado.

As belezas idílicas do litoral caribenho são velhas conhecidas dos brasileiros, mas poucos sabem que o eixo Rio-São Paulo 'esconde' alguns paraísos naturais, que estão situados a poucos quilômetros de mais de 35 milhões de pessoas. Com areia branca e águas translúcidas, as praias a 'la caribe' não devem em nada para suas 'primas' estrangeiras e podem entrar no roteiro de uma viagem de ida e volta, no mesmo dia.

Ilha das Couves (Ubatuba/SP)

Marcio Okabe/ Flickr - CC BY 2.0

Situada em Ubatuba, no litoral paulista, a ilha fica próxima à praia da Almada. Com um mar esverdeado e um litoral selvagem, Couves é uma boa dica para quem curte apreciar de perto a vida marinha, pois a alta visibilidade debaixo d'água promete mergulhos únicos. Já em terra firme é possível caminhar por uma pequena e charmosa trilha, que leva a outra praia isolada dentro da ilha. O local conta com um pequeno bar, que vende porções e bebidas aos turistas.

Mapa


.

Lagoa Azul (Paraty/RJ)

Luís Costa/ Flickr - CC BY-SA 2.0

Famosa pelas águas que variam entre as tonalidades azul e verde, esta praia tem seu nome igual ao tradicional filme "Lagoa Azul" e não deve em nada ao paraíso mostrado nas telinhas do cinema. Com um mar calmo na maioria dos dias, ela só é acessada por barcos, mas a dificuldade garantiu a região manter boa parte de seu litoral preservado, criando uma paisagem selvagem aos turistas que visitam a Lagoa Azul.

Mapa


.

Barra do Sahy (São Sebastião/SP)

Michell Zappa/ Flickr - CC BY-SA 2.0

Conhecida pela tranquilidade e seu excêntrico formato em ferradura, a praia possui um mar com águas tranquilas e claras. Situados no canto sul da Barra do Sahy estão os rochedos, que foram apelidados de Canto Bravo e formam uma paradisíaca piscina natural. Já no outro lado desemboca o rio que dá nome a praia, o Sahy. Conhecida por suas belezas naturais, a Barra do Sahy também é famosa por suas casas de veraneio e condomínios luxuosos à beira-mar.

Mapa


.

Ilhas Botinas (Angra dos Reis/RJ)

Ventura/ Flickr - CC BY 2.0

Um dos mais famosos cartões-postais da cidade fluminense, as Ilhas Botinas fazem jus à fama. Ao melhor estilo caribenho, com águas translúcidas e natureza exuberante, elas são acessíveis a partir da Ilha Grande ou Angra dos Reis. As ilhas Irmãs ou Gêmeas, como também são conhecidas devidas as semelhanças entre ambas, possuem um pequeno litoral rochoso. A dica é aproveitar a visita para curtir um bom mergulho nas proximidades das duas ilhotas, pois a profundidade chega a 10 metros e a visibilidade debaixo d'água é de até 20 metros de distância, em dias de mar calmo.

Mapa


.

Praia Brava (Caraguatatuba/SP)

Patricia Oliveira/ Flickr - CC BY 2.0

Ponto de encontro de surfistas e naturistas, a Praia Brava é a meca para quem quer curtir um feriado longe da agitação e próximo da natureza. Com difícil acesso, a trilha para chegar ao paraíso selvagem exige uma caminhada de pelos menos 25 minutos e leva os turistas para uma pequena extensão de areia escura banhada por um mar agitado, que dá nome a praia. O local também é usado por naturistas, que aproveitam a dificuldade de acesso para manter os curiosos a distância.

Mapa


.
Praia Olho de Boi (Búzios/RJ)

Rodrigo Soldon/ Flickr - CC BY-ND 2.0

Situada na extrema direita da Praia Brava de Búzios, a Olho de Boi é famosa por suas belezas naturais, mas o acesso difícil e a falta de infraestrutura mantiveram este paraíso intacto e o transformou numa tradicional praia naturista. Ainda assim é possível permanecer vestido no trecho das enormes pedras, que contornam a Olho de Boi. Pequena e charmosa, ela possui um mar revolto com águas translucidas.

Mapa

  
  

Publicado por em