Sem roteiro de viagem? Conheça praias únicas nestas férias

O verão está chegando e ainda não sabe onde curtir as férias? Aproveite as altas temperaturas em praias únicas, sejam formadas por milhões de cacos de vidro ou sem conexão com o mar, elas merecem estar no roteiro da próxima viagem

  
  
Com menos de um metro de profundidade e águas cristalinas, a pequena praia de Gulpiyuri ganha constantemente à visita de belos e coloridos peixes que chegam junto com a subida da maré

O verão está chegando e nada mais agradável para curtir suas altas temperaturas do que aproveitar uma bela praia. No extenso litoral brasileiro existem centenas delas que atraem milhões de turistas a cada dia em busca de um alívio para tanto calor. Se em terras tupiniquins as praias são famosas por suas belezas, em outros locais elas ganharam fama por serem exóticas.

A natureza nunca se cansa de nos surpreender criando diversas praias 'curiosas', além daquelas que ganharam um toque especial do homem. Se as areias brancas do Caribe banhadas por água azul turquesa encantam milhões de turistas é porque muitos deles ainda não conhecem algumas destas praias 'especiais'. Sejam formadas por milhares de grãos de vidros ou situadas dentro de uma caverna com um enorme buraco no teto, elas estão localizadas nos quatro cantos do mundo e atraem cada vez mais visitantes.

Confira 5 praias 'diferentes' espalhadas pelo mundo

Praia de Vidro (EUA)

O reflexo do sol nas 'pedrinhas' cria uma explosão de cores e vida
O atrito das ondas e a própria areia foram lapidando os afiados pedaços de vidro e os transformaram em simples pedras coloridas

Localizada em Fort Bragg, na Califórnia, a Glass Beach faz jus ao nome e é composta por milhões de pequenos pedaços coloridos de vidro que se misturam à areia. Se as várias cores dos vidros já chamam atenção de quem chega a praia, durante o entardecer a visão fica ainda mais paradisíaca com o reflexo do sol criando uma explosão de cores e vida.

No início do século XX, não havia a preocupação ambiental dos dias atuais e centenas de pessoas que moravam na região despejavam seus lixos jogando-os do alto de um penhasco ao lado da praia. Entre os objetos descartados estavam toneladas de garrafas de vidro, além de eletrodomésticos antigos e até carros! Com o passar do tempo, o atrito das ondas e a própria areia foram lapidando os afiados pedaços de vidro e os transformaram em simples pedras coloridas.

Praia de Gulpiyuri (Espanha)

Considerada a menor praia do mundo pelo

Considerada a menor praia do mundo pelo "Guinness Book" com 40 metros de comprimento, Gulpiyuri é mais famosa entre os turistas por suas águas translúcidas e ondas que surgem "sem explicação" do que pelo recorde. Na realidade, a água salgada que cria a curiosa praia vem do Atlântico, da região do Mar Catábrico, através de túneis subterrâneos que atravessam as falésias que separam o paradisíaco local do oceano.

Com menos de um metro de profundidade e águas cristalinas, a pequena praia está situada a cerca de 100 metros da costa e depende exclusivamente dos ciclos da maré. Durante o período de baixa, a praia desaparece e só ressurge quando a água sobe. Com um mar tranquilo, a 'lagoa salgada' também possui pequenas ondas que são criadas conforme a movimentação no oceano do outro lado das falésias.

Praia de Tybee (EUA)

A praia de Tybee, na região da baía de Wassaw, guarda há 56 anos um
Segundo especialistas do governo, a bomba Mark 15 caiu numa região com profundidade entre quatro e seis metros e afundou outros dois metros na areia devido ao forte impacto

A areia fina e branca banhada por um mar de águas verdes é um paraíso natural em qualquer lugar do mundo, mas nos Estados Unidos este cenário hollywoodiano esconde um dos maiores mistérios do mundo moderno. A praia de Tybee, na região da baía de Wassaw, guarda há 57 anos um "segredo" que nem a poderosa marinha norte-americana conseguiu desvendar.

Tudo começou em 1958 quando dois aviões que faziam exercícios militares no local se chocaram no ar. O caça F-86 foi totalmente destruído e caiu nas águas da região, já o bombardeiro B-47, que carregava uma bomba nuclear Mark 15, conseguiu se salvar, mas com sérios danos estruturais. Após três tentativas frustradas de pouso no aeroporto local, o piloto recebeu ordens para abandonar a bomba em 'segurança' nas proximidades da praia e tentar pousar de novo. Na época, a preocupação era que caso a aterrissagem falhasse e o avião explodisse, a bomba nuclear causasse um desastre sem precedentes.

Desde então, já se passaram cinco décadas e diversas expedições da marinha americana pelo local, porém nunca encontraram a famosa bomba nuclear. Segundo especialistas do governo, a Mark 15 caiu numa região com profundidade entre quatro e seis metros e afundou outros dois metros na areia devido ao forte impacto da queda.

Ilhas Marietas (México)

Também chamada como “Playa Escondida”, a praia é o grande destaque das Ilhas Marietas, porém não o único

Considerada um dos locais mais belos do México, as Ilhas Marietas encantam os turistas por suas belezas naturais. Localizada no Oceano Pacífico, na região de Puerto Vallarta, as ilhas foram por muito tempo área de testes militares do governo mexicano. A área de 1,4 mil hectares foi declarada Parque Nacional das Ilhas Marietas apenas em 2005, após muita insistência de ambientalistas locais.

Por mais que seja formada por diversas praias encantadoras, uma delas se destaca das demais. A Playa de Amor ou Hidden Beach fica escondida dentro de uma caverna gigante com um enorme buraco no teto. De formação vulcânica, a praia só é acessível pelo mar através de uma pequena passagem entre as rochas. Não se sabe exatamente como foi formada a cratera no teto da caverna, mas acredita-se que os testes militares que ocorreram durante décadas na região possam ter interferido na formação rochosa.

Puerto Nuevo (PUR)

Um espetacular show da natureza acontece na praia de Puerto Nuevo, situada em Vega Baja ao norte de Porto Rico. Ondas gigantes explodem no recife dando um visual surpreendente aos turistas que desfrutam de uma praia fechada por uma grande barreira de corais. Por ser cercada pelas rochas, suas águas são calmas e possibilitam um tranquilo banho de mar aos turistas.

A praia é protegida do oceano por enormes rochas vulcânicas com aproximadamente 10 metros de altura, porém as ondas gigantes invadem o local e encantam os banhistas com um visual lindo e ao mesmo tempo assustador. A sensação é que eles serão atingidos por um tsunami vindo do outro lado do oceano a qualquer momento.

  
  

Publicado por em