Viagem para relaxar? Conheça 5 destinos de inverno que ainda não foram descobertos pelos turistas

Localizadas até 230 quilômetros de São Paulo, estas cidades não devem em nada aos destinos mais badalados de suas regiões e ainda oferecem tranquilidade e preços (bem) mais baratos

  
  
Mais pacata e barata que a cidade vizinha de Brotas, Analândia tem como 'cartão de visita' os morros do Camelo, Cuscuzeiro, Pedra Vermelha

Viajar é bom e fica melhor quando o destino ainda não é conhecido e é possível curti-lo sem filas, atrações lotadas e preços exorbitantes. Pouco badaladas, estas cidades estão próximas à São Paulo e não devem em nada as 'concorrentes' mais famosas, e o melhor, ainda não foram descobertas pelo grande público (até hoje!).

Sem tanta badalação e com preços muito mais atraentes, paraísos como Pedra Bela, Gonçalves, Analândia e Joanópolis ficam próximos da capital paulista e ainda oferecem muita aventura e paisagens únicas. Distantes até 233 quilômetros da 'Terra da Garoa', cerca de 3h30 de carro, estas cidades merecem entrar no roteiro do próximo final de semana.

Pedra Bela (SP)

Luiz Gustavo Miguez/ Flickr - CC BY 2.0

A pequena cidade, que está situada a 118 quilômetros de São Paulo, é conhecida por ter a maior tirolesa das Américas, com 1,9 mil metros de extensão. O brinquedo radical liga a famosa pedra, principal cartão postal da região, ao Portal da Cidade. Os corajosos cruzam o céu numa altura de 130 metros e atingem até 100 km/h, tudo isso preso apenas por um cabo de aço. O trajeto de ponta a ponta dura cerca de 90 segundos.

A pacata cidade com 6 mil habitantes, sendo que apenas 1,2 mil moram na área urbana, oferece muito mais que a tirolesa. Quem preferir atrações menos radicais pode se refrescar nas cachoeiras da Boca da Mata e do Antônio Souza. Outra boa dica para os amantes do ecoturismo é se aventurar pelas Corredeiras dos Tuncuns. O acesso a Pedra Bela é feito através da Rodovia Fernão Dias.

Mapa


.

Gonçalves (MG)

Eduardo Loureiro/ Flickr - CC BY-SA 2.0

A bucólica cidade, que foi carinhosamente apelidada de “Pérola da Mantiqueira”, está situada na Serra de mesmo nome e começou recentemente a ganhar fama entre os turistas paulistanos pelo seu clima de montanha, preços atraentes e a relativa proximidade com a capital. Gonçalves está localizada a 202 quilômetros de São Paulo, pouco menos de 3 horas de viagem e é acessível através da Rodovia Ayrton Senna passando pela SP-123, SP-046 até a Rodovia Antônio Simões de Almeida (MG-173).

A dica é conhecer o belíssimo Circuito das Cachoeiras, mas quem preferir passeios com mais emoção a sugestão é fazer um rapel na Pedra do Grotão ou na cachoeira da Pedra do Forno. Já os visitantes que apreciam uma vista paradisíaca não podem deixar de curtir um pôr do sol inesquecível, no Mirante da Carlota Joaquina.

Mapa


.

Analândia (SP)

Gabriel Rosa/ Flickr - CC BY 2.0

Menos conhecida e mais barata que a vizinha Brotas, Analândia está apenas a 221 quilômetros de São Paulo e não deve em nada à cidade mais famosa da região. Considerado uma estância climática, o pacato município possui 4,6 mil habitantes, que vivem numa das localidades mais propícias à prática do ecoturismo. Quem gosta de curtir a natureza não pode perder de conhecer os Morros do Cuscuzeiro e do Camelo, além das diversas cachoeiras que a cidade possui. Outra dica é fazer a trilha, a pé ou a cavalo, até a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes.

Com diversas opções de hotéis e pousadas, Analândia é acessível através da Rodovia Deputado Rogê Ferreira (SP-225) e justifica as 3 horas de viagem de carro. Já quem prefere apenas curtir o clima de cidade do interior pode ficar em seu “centrinho” e conferir a centenária Igreja Matriz da cidade, além da belíssima Estação Ferroviária de "Annápolis" (primeiro nome de Analândia), com direito a um vagão de passageiros original e restaurado, de uma antiga Maria Fumaça.

Mapa


.

Joanópolis (SP)

Carolina Lunetta/ Flickr - CC BY-SA 2.0

Situada ao pé da Serra da Mantiqueira e com uma represa do sistema Cantareira, Joanópolis é o destino certo para quem procura contato com a natureza, tranquilidade e bons preços. Ainda longe da rota principal dos turistas, a cidade ganhou destaque por possuir uma das maiores reservas de mata nativa do estado de São Paulo. Localizado próximo da badalada Monte Verde, o município ganhou fama na década de 1980, por ser considerado a "Capital do Lobisomem". O título foi concedido após diversos moradores locais relatarem a existência da famosa criatura na cidade, durante as noites de lua-cheia. O assunto é levado tão a sério, que Joanópolis possui uma estátua do Lobisomem.

Distante a 118 quilômetros da capital paulista, a cidade de 11 mil habitantes também é famosa por suas belezas naturais, entre elas a cachoeira dos Pretos, com uma queda d’água de 154 metros. A região também é indicada para os amantes dos saltos de asa-delta. Já quem preferir ficar em terra firme, a sugestão é fazer boia-cross pelos rios locais ou uma trilha pela Serra. O acesso a cidade é feito pela Rodovia Fernão Dias.

Mapa


.

Delfim Moreira (MG)

Leandro Müller/ Flickr - CC BY 2.0

Famosa pelo clima típico de serra, Delfim Moreira está situada a 233 quilômetros de São Paulo e conta com 7,9 mil habitantes. Entre os principais atrativos da cidade está o rio Santo Antônio e as diversas cachoeiras e ilhotas, que se formam ao longo do seu leito. Durante a primavera e no início do verão é época da colheita das frutas e a belíssima paisagem ganha um leve aroma adocicado no ar. A região é famosa pela produção de pêssegos, peras e morangos. O acesso à cidade é feito através da Via Dutra e pela BR-459.

Mapa

  
  

Publicado por em