Artesão de Rondônia cria pulseiras de design inovador

Peças são confeccionadas com materiais como madeira, castanha-do-pará, pedras semipreciosas e casca de coco

  
  

O artesão Raimundo Nonato da Silva, de Ariquemes (RO), não tem dúvida: as pulseiras que confecciona fazem sucesso até em novelas de televisão. Quem viu e contou foram parentes e amigos, mas a certeza de que eram elas está na sua convicção de que "são únicas, sem igual".

Raimundo Nonato é um dos 40 integrantes da Associação dos Artesãos Organizados de Ariquemes na Amazônia (Asaoama), uma das 100 vencedoras do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato, que identifica e reconhece as 100 melhores unidades de produção artesanal do País.

Ele explica que as pulseiras têm materiais e design inovadores. São confeccionadas em madeira de cores variadas e, dependendo do modelo, podem ser cravejadas de materiais aproveitados da floresta como pedaços de ouriço de castanha-do-Brasil – também conhecida como castanha-do-pará –, jarina (marfim vegetal) e outros produtos como casca de coco ou mesmo pedras semipreciosas.

Artesão há 35 anos, Raimundo Nonato conta que começou a inovar no trabalho há cerca de um ano, após fazer cursos do Sebrae. O sucesso ele mede com o aumento das vendas inclusive para outros Estados como Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. “Acho que foi no Rio que a pulseira foi parar na novela”, acredita.

Valorização dos produtos locais

Inovação é um dos 11 itens avaliados na premiação e que contribuíram para a vitória da associação rondoniense. Os outros dez levam em conta a qualidade, adequação econômica, ambiental, cultural do produto; eficiência produtiva, logística; praticas comerciais, responsabilidade social, gestão estratégica e adequação ergonômica dos postos de trabalho.

Para o presidente da Associação, Paulo Veiga, a premiação reflete a preocupação dos integrantes da entidade com requisitos como a qualidade e valorização dos produtos locais e com a preservação ambiental. Conforme explica, a preocupação com o meio ambiente é reforçada especialmente porque muitos artesãos utilizam materiais encontrados na floresta.

A idéia é deixar sempre claro que manter a floresta significa manter a fonte de matéria-prima. “Aproveitar sementes, galhos e outros produtos descartados pela natureza é mais vantajoso do que destruir uma árvore centenária, pois viva ela continua oferecendo seus produtos durante muito tempo”, diz.

Cursos

Paulo Veiga lembra que a associação ainda é jovem, tem pouco mais de um ano, e credita o reconhecimento da entidade com o prêmio também ao aprimoramento dos seus integrantes, especialmente via cursos do Sebrae como de designer e gestão da qualidade. “Melhorou o desempenho do grupo, a qualidade dos produtos e aumentaram as encomendas”, afirma garantindo que, no seu caso, o aumento das encomendas ficou entre 80% a 90%.

Foi, alias, depois de participar de cursos do Sebrae que o artesão Raimundo Nonato mudou a forma de produzir as pulseiras de madeira que começam a fazer sucesso pelo País. “Antes elas eram roliças e simples. Agora são diferentes e fazem sucesso. Espero que elas tenham ajudado na premiação”, diz o artesão que também quer inovar em outras peças que produz em madeira marchetada como esferas e bandejas.

“Todo dia tem coisa nova no mercado. Então a gente tem que procurar ir aprendendo e melhorando a atividade”, ensina, lembrando que a mudança na produção das pulseiras aumentou as vendas e já garante o pagamento da faculdade da filha. “Sem isso, eu estaria em dificuldades”, conclui, lembrando que o sucesso dos trabalhos também se deve a parcerias e apoios locais.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias - (61) 3348-7138 e 2107-9362 www.agenciasebrae.com.br

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em

Vitor Esposito

Vitor Esposito

24/01/2011 15:48:53
Gostei muito das pulseiras de madeira e outros materiais
naturais e gostaria de contato para posiveis negócios. Tenho loja virtual de peças de Artesanato Natural.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá, Para mais infromações entre em contato com a Agência Sebrae de Notícias - (61) 3348-7138 e 2107-9362 ou pelo site www.agenciasebrae.com.br Atenciosamente, Equipe Ecoviagem