Governo do Pará institui Registro de Bens para preservar memória cultural paraense

O ato visa preservar a memória cultural paraense, registrando, por escrito, bens imateriais da região nas seguintes categorias: Celebrações; Saberes e Fazeres; Formas de Expressão; e Línguas.

  
  

O governador do Pará em exercício, Odair Santos Corrêa, assinou o Decreto nº1.852, que cria o Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial e o Programa Estadual do Patrimônio Imaterial.

O ato visa preservar a memória cultural paraense, registrando, por escrito, bens imateriais da região nas seguintes categorias: Celebrações; Saberes e Fazeres; Formas de Expressão; e Línguas.

O processo de registro oficial, desde a proposta até a avaliação e o reconhecimento como patrimônio imaterial do Estado, envolverá organizações interessadas, secretarias ou agentes municipais ligados à área cultural ou à preservação do patrimônio cultural e o Departamento Histórico, Artístico e Cultural da Secretaria de Estado de Cultura (Secult).

O texto completo do Decreto pode ser encontrado na edição da última quarta-feira (26) do Diário Oficial.

Fonte: Agência Pará de Notícias

  
  

Publicado por em