Barra Jazz se consagra no calendário de eventos do Piauí

O evento contou com a presença de renomados nomes do jazz e blues no âmbito nacional e internacional como a lenda do jazz.

  
  

O Governo do Estado do Piauí através da Piemtur, promoveu durante o carnaval o primeiro Festival de Jazz de Barra Grande. O evento contou com a presença de renomados nomes do jazz e blues no âmbito nacional e internacional como a lenda do jazz, o americano James Wheeler, que integrou durante muitos anos a banda de B. B. King.

Para o presidente da Piemtur, José do Patrocínio Paes Landim o festival agregou ainda mais valor ao turismo de Barra Grande, considerada a mais bela praia de toda Rota das Emoções. “Barra Grande vivenciou dias de cultura refinada, com grandes nomes do jazz e blues. Eventos desse nível protegem Barra Grande do turismo predatório, preservando-a em sua essência rústica e paradisíaca, fundamentos que levaram a mídia nacional e turistas de diferentes nacionalidades, considerá-la o ultimo paraíso escondido do litoral nordestino.”, afirmou Patrocínio.

Na programação noturna, grandes shows na tenda montada na Pousada Ventos Nativos. Os presentes se emocionaram com o show do guitarrista mineiro Toninho Horta, interagiu com o instrumentalista Carlos Malta e o gaitista Rodrigo Eisinger além de ouvir músicos piauienses, como Luizão Paiva, Teófilo e as bandas Improviso e Caro Watson.

Segundo a turista Tarsila Noronha de Teresina, o evento casou perfeitamente com Barra Grande. “Essa praia precisava de um evento assim durante o carnaval, com a junção de cultura e tranquilidade. Para as pessoas que gostam de boa música, como o jazz e blues, aqui puderam se deliciar com cantores maravilhosos sem a agitação peculiar do carnaval”, afirmou Tarsila.

Durante o dia, oficinas de músicas foram realizadas com crianças da comunidade, dando oportunidade a elas conhecer o jazz, um estilo musical que normalmente não tem acesso. As aulas foram ministradas por Rodrigo Eisinger e Teko Gaspar, músicos de renome nacional.

Barra Grande encantadora

O cantor Carlos Malta mostrou-se extasiado ao conhece Barra Grande, praia de uma beleza paradisíaca que enche os olhos de quem a conhece. “Barra Grande é um ponto no horizonte para quem busca a beleza natural. Estar em paz é conviver com a beleza. Fazer música em Barra Grande é conjugar todas essas coisas. Venham pra cá.”, convidou Malta.

O cantor falou ainda sobre a importância de um festival internacional desse porte para divulgar o local e, surpreendido, destacou o sucesso do evento alternativo ao carnaval do litoral, considerado por todos tão popular e unânime. “O Festival é muito promissor por oferecer uma opção de descanso do corpo aliada a festa da alma, todo mundo precisa conhecer esse paraíso, Venham pra cá”, frisou Carlos.

Ecoturismo e Renda

Rica em belezas naturais e ventos fortes, Barra Grande é favorável para a prática de Kitesurf e ecoturismo. Com o festival, passeios ecológicos receberam um grande número de turistas.

Segundo Marcio Cazuza da Barratur, que realiza o passeio do cavalo-marinho, o festival foi muito bom por ter aumentando o fluxo de turistas e a renda dos condutores de visitantes. ”Nunca tivemos uma procura tão intensa como agora durante o festival, tivemos que adiar passeios para atender a todos. Isso é muito bom pra nós, pois além de fazer os passeios o turista que vem até a Barratur, pode compra as peças artesanais produzidas por nós condutores”, afirmou Marcos.

Fonte: Secretaria de Turismo do Estado do Pìauí

  
  

Publicado por em

José Ribamar Sousa dos Reis

José Ribamar Sousa dos Reis

19/08/2009 14:20:17
O governo do Piauí está de parabéns por tal inciativa inovadora com esse Festival de Jazz da Praia Barra Grande, com atitude deste tipo que poderemos alavancar o ecoturismos nordestino de tão real beleza. Aproveitamos para caso possível essa Secretaria nos enviar o calendário de festas do estado do Piauí. Agradecido José Ribamar Sousa dos Reis - escritor, historiador e poeta maranhense.

Carlos, Gabi e Mel

Carlos, Gabi e Mel

12/04/2009 18:56:52
Um tremendo bom exemplo a ser seguido...principalmente aqui na Bahia,na Ilha de Itaparica,em Cacha-Pregos... onde só escutamos imitadores de quinta categoria com um som horrivel e num volume absurdo....assusta qualquer turista, e pior...atrai tudo que é ruim...
Estão destruindo Cacha-Pregos, com som ruim e pesca com bomba...
E o Brasil cheio de talentos e boa música...
Parabéns a Barra Grande e a todas as pessoas de bom gosto que incentivaram esse evento.
Carlos, Gabi e Mel
www.cantoecologico.org