Cantagalo sediará o II Festival Favela em Dança

A troca de experiências é um fator que valoriza o crescimento mútuo, seja enquanto pessoa, para a vida social e coletiva

  
  

Entre os dias 17 e 20 de março será realizada a segunda edição do Festival Favela em Dança, no Rio de Janeiro. Nascido em 2013, reuniu já em sua estreia importantes nomes do cenário musical urbano, como Paola Belmonte, Bruno Duarte e Josh Antonio.

No ano seguinte aconteceu, em paralelo ao festival, o Favela em Dança Batalhas, que uniu duas gerações de danças no Cantagalo; na ocasião se apresentaram 21 grupos.

Nessa edição, que levará quatro dias, estão mantidas as Batalhas (com premiação para os melhores em cada categoria), as apresentações com novas e conceituadas companhias de dança, haverá ainda workshops, mostras não competitivas, um tour guiado pela comunidade e exposição de artistas plásticos locais. Toda a programação é inteiramente aberta e gratuita.

Para as aulas, o Favela em Dança contará com um time de peso. Entre seus convidados, estão Josh Antonio (coreógrafo do Dream Team do Passinho) e Christian Vicente (atualmente no programa “Esquenta” / TV Globo, vencedor das Batalhas de Passinho do I Festival Favela em Dança e do Rio H2K, em 2015, entre outros – mais informações a seu respeito abaixo).

Ainda nessa edição, será realizada o Dança Lab ­Laboratório de Conversa sobre Dança e Território, com a presença de importantes nomes do cenário da dança e da cultura (representando órgãos públicos, eventos culturais e companhias diversas).

“Achamos muito importante que haja esse espaço para a troca de ideias e a disseminação de histórias de luta e sucesso. A troca de experiências é um fator que valorizamos para o crescimento mútuo, seja enquanto pessoa, para nossa vida social e coletiva, como também para nosso lado profissional da arte e da dança”, defende Ingrid David, coordenadora de comunicação do festival.

Complementando os propósitos já apresentados pela Ingrid, vale reforçar que o que mobiliza os realizadores dessa empreitada são também promover a cultura e a arte da dança em favelas e regiões periféricas + valorizar o território + valorizar profissionais da dança + criar condições para que todos se percebam como capazes e potentes.

PROGRAMAÇÃO

17/03, quinta

Teatro Solar Meninos de Luz

(Rua Saint Roman, 136 – próximo à saída metrô General Osório)

19 - Credenciamento

20h – Abertura do Favela em Dança

21h – Dança Lab – Debate sobre dança e território

22h – Premiação Favela em Dança Batalhas

23h – Encerramento

Dia 18/03, sexta

Rua Alberto de Campos, 12 – Ipanema

10h - Credenciamento

12h – Cleiton Oliveira – Hip Hop Lá

13h30 – Rodrigo Soninho – Hip Hop

15h – Nayane Fernandes – Dance Hall

16h30 – Jô Cardoso – Jazz Funk

18h – Pelézinho – Break

19h30 – Cristian do Passinho

21h – Filipi Escudine – Video Dance

Dia 19/03, sábado

Rua Alberto de Campos, 12 – Ipanema

10h - Credenciamento

12h – Arielle Macedo – Stiletto

13h30 – Tago Oli – Jazz Funk

15h – Josh Antonio – House

16h30 - Filipi Escudine – Hip Hop L.A.

18h – Nayane Fernandes – Hip Hop

19h30 – Jô Cardoso – Waacking

22h – Mostra de Grupos

Dia 20/03, domingo

Rua Alberto de Campos, 12 – Ipanema

8h – Credenciamento

9h – Tour guiado no Cantagalo

10h – Pré seleção Break / Jurado Kapu

12h – Pré seleção Krump / Jurado Snobrock

14h – Pré seleção Hip Hop / Jurado Renan Fontoura

16h – Pré seleção Passinho / Jurado Cristian

19h – Semi Finais

21h – Finais e Premiação

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Regina Cintra

  
  

Publicado por em