Concerto lírico marca a semana do Festival de Ópera no Pará

O III Festival Internacional de Ópera da Amazônia, realizado em Belém (PA), prossegue esta semana com uma programação variada.

  
  
O espetáculo Romeu e Julieta abriu a programação do Festival Internacional de Ópera da Amazônia, realizado pelo governo do Pará

O III Festival Internacional de Ópera da Amazônia, realizado em Belém (PA), prossegue esta semana com uma programação variada. Em alusão ao ano da França no Brasil, o público poderá conferir um concerto lírico composto por célebres canções francesas, quinta-feira, 10, às 20 horas, em um novo palco, a Igreja de Santo Alexandre. Domingo, 13, no Theatro da Paz, uma matinê, às 10h30, com a ópera "Viajantes das lendas amazônicas", de Serguei Firsanov. Os dois espetáculos têm entrada franca.

"São dois momentos bem particulares que vão agradar o público pela diversidade dos temas e pela beleza do que será apresentado", antecipa a diretora de Produção do Festival de Ópera, Nandressa Nuñez. O concerto lírico terá as vozes da soprano Dione Colares e do tenor João Augusto Ó de Almeida, interpretando famosas canções populares da França, num repertório que remete a clássicos e peças contemporâneas.

"Essa apresentação sai do Theatro da Paz e vai para a Igreja de Santo Alexandre, dentro da proposta de expandir o festival para outros domínios. É uma maneira de fazer mais espaços de cultura do estado receberem os sons desse evento que faz parte do calendário cultural da cidade", afirma Nandressa Nuñez. "É um belo cenário para um programa de qualidade e beleza", completa.

Amazônia - Domingo, no palco do Theatro da Paz, será encenada a ópera "O viajante das lendas amazônicas", musicada e orquestrada pelo russo Serguei Firsanov, que mora em Belém. Com música executada pela Orquestra Vale Música, o espetáculo mostra o universo das lendas amazônicas a partir de poemas de João de Jesus Paes Loureiro.

A história é contada por um curumim que pede carona a um canoeiro para chegar ao município de Abaetetuba, no Baixo Tocantins. Ele deve contar histórias ao dono da canoa para poder continuar viagem. Todo o elenco faz parte do projeto Vale Música.

Os ensaios para a ópera, a terceira do programa, começam nesta quarta-feira, 9, quando também se inicia a montagem dos cenários. A solista será Dione Colares - diretora do festival e do Theatro da Paz -, acompanhada do Coro Infanto-Juvenil Vale Música de Belém.

A apresentação, de uma hora e 15 minutos, exige muita preparação, segundo o regente e diretor musical, Miguel Campos. "Temos um coro infantil que completa o leque de vozes. É um espetáculo muito bonito e com muitos elementos da cultura regional", destaca. A direção de cena é de Ester Sá.

Encerramento - Na próxima semana, dias 18 e 19, às 20 horas, o público poderá ver cenas famosas da obra-prima de Georges Bizet (1838-1875), "Carmen". A ópera francesa é mais um número que remete às homenagens à França. Segundo Nandressa - que faz a direção de palco -, será uma apresentação completa, de uma hora e meia de duração, com um intervalo e cenários e figurinos. A música será executada pela Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, sob a regência e direção musical de Enaldo Oliveira.

O Coro Lírico do Festival também compõe a apresentação, que terá direção de cena de Vanildo Monteiro, coreografia da bailarina Ana Unger e iluminação de Rubens Almeida. Do elenco fazem parte os cantores Magda Painno, Manuel Alvarez, Dione Colares, Gigi Furtado e Ione Carvalho.

O programa do III Festival Internacional de Ópera da Amazônia prossegue até 20 deste mês, quando será apresentado o tradicional espetáculo ao ar livre em frente ao Theatro da Paz. Com início marcado para as 20 horas, a apresentação vai mostrar trechos da ópera "Vitória-Régia", do maestro Wilson Fonseca, o Isoca. "É um momento inédito. Pela primeira vez o público paraense vai poder prestigiar essa peça", anuncia a diretora de Produção.

Serviço - III Festival Internacional de Ópera da Amazônia, promovido pelo governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult). Próximos programas: na Igreja de Santo Alexandre: concerto lírico com músicas francesas, quinta-feira, 10, às 20 horas; no Theatro da Paz: ópera "Viajantes das lendas amazônicas", domingo, 13, às 10h30; e cenas famosas de "Carmen", dias 18 e 19, às 20 horas; dia 20, concerto de encerramento, com cenas da ópera "Vitória-Régia", em frente ao teatro. Todos os espetáculos têm entrada franca. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria do teatro a partir das 9 horas do dia das apresentações.

Fonte: Agência Pará de Notícias

  
  

Publicado por em