Cultura nacional reunida em SP

Uma mistura de ritmos, cores e movimentos.

  
  

Uma mistura de ritmos, cores e movimentos. O 4º Salão do Turismo, de 1º a 5 de julho, leva ao público de São Paulo o que o Brasil tem de mais expressivo em nível cultural. Um total de 85 apresentações estão previstas para os cinco dias de evento.

É o módulo das Manifestações Artísticas, onde o visitante poderá apreciar desde o Fandango (Sul) até o Carimbó (Norte), passando pelo Congado (Sudeste e Nordeste) e a Catira (Centro-Oeste).

Os shows serão distribuídos em seis palcos: o maior de todos na Área Gastronômica e outros cinco distribuídos pelos espaços regionais. Os artistas terão 30 minutos para exibirem as performances. A programação começa às 14h30 de quarta à sexta, e às 10h30 no fim de semana.

As manifestações culturais dos estados fazem parte da Vitrine Brasil, que reúne o melhor da cultura nacional, com a produção artesanal, a agricultura familiar e jóias de cada região do Brasil. Nesta edição, o tema do módulo é a Fauna e Flora brasileira, com prioridade para os produtos que reproduzem a natureza e o mundo animal brasileiros.

Saiba mais sobre algumas manifestações culturais brasileiras:

Fandango – Sul
Os portugueses introduziram o Fandango no Brasil. No Rio Grande do Sul, a dança apresenta marcados traços de influência espanhola. É intimamente ligada ao canto e seu principal instrumento é a viola. Ela teve em voga nos fins do século XVIII e chegou a animar as festas palacianas.

Carimbó – Norte
Originariamente o carimbó era apresentado num andamento ritmado, compassado, monótono como na maioria das danças indígenas. Quando os escravos africanos entraram em contato com a manifestação artística dos Tupinambás, remodelaram a dança. Ela ganhou velocidade e descontração, passou a vibrar como uma espécie de variante do batuque africano.

Congado – Nordeste e Sudeste
O congado também é conhecido como “congada” ou “congo”, um festejo popular religioso afro-brasileiro mesclado com elementos religiosos católicos, com um tipo de dança dramática na coroação do rei do Congo, em cortejo com passos e cantos. Os instrumentos musicais usados são a cuíca, caixa, pandeiro e reco-reco. Os congadeiros vão atrás da cavalgada que segue com uma bandeira de Nossa Senhora do Rosário.

Catira – Centro-Oeste
Catira ou cateretê é uma dança do folclore brasileiro, em que o ritmo musical é marcado pela batida dos pés e mãos dos dançarinos.
De origem híbrida, com inflências indígenas, africanas e européias, a catira (ou "o catira") tem suas raízes em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e norte de Minas. A coreografia é executada a maioria das vezes por homens (boiadeiros e lavradores) e pode ser formada por seis a dez componentes e mais uma dupla de violeiros, que tocam e cantam a moda

Manifestações artísticas
A programação das manifestações artísticas pode ser acessada no site www.salao.turismo.gov.br

Credenciamento
Jornalistas, visitantes e voluntários interessados em participar do 4º Salão do Turismo podem se cadastrar gratuitamente no site www.salao.turismo.gov.br

Calendário
Quarta (01 de julho) a sexta (03 de julho)
das 14h às 22h
Sábado (04 de julho)
das 10h às 22h
Domingo (05 de julho)
das 10h às 20h

Fonte: Salão Nacional do Turismo

  
  

Publicado por em

B

B

11/09/2011 13:22:22
Legal!