Desfile bem organizado chama atenção para comunidade quilombola

Com 6 mil habitantes, o Kalunga é o maior quilombo (antiga comunidade formada por escravos fugitivos) do país.

  
  

Apesar da carência material na área do quilombo Kalunga, o líder da comunidade, Joaquim Moreira Santos, o Mochila, de 65 anos, se diz satisfeito com a visibilidade pública obtida com o movimentado carnaval deste ano na cidade. Com 6 mil habitantes, o Kalunga é o maior quilombo (antiga comunidade formada por escravos fugitivos) do país.

kalungas se apresentando

“Até pouco tempo nunca tínhamos sido apresentados, agora vamos mais para a frente. Os kalungas estão aprendendo a caminhar com as próprias pernas”, afirmou Mochila, prometendo para o próximo ano um desfile com mais de 200 componentes. O Alegria Kalunga, bloco da comunidade, saiu ontem à noite com 120 foliões.

O agente comunitário Juraci Moreira dos Santos, o Jura, também vibrou com a grande visibilidade que o carnaval proporcionou aos kalungas. “A gente tem qualidade, depende de oportunidade. É a primeira vez que a gente tem oportunidade e tem que aproveitar para mostrar”, contava Jura, que desfilou como mestre-sala do bloco.

Chamou a atenção de Jura e de outros foliões a inédita organização do carnaval de Cavalcante, fruto da colaboração do mais famoso carnavalesco brasileiro, Joãosinho Trinta. Aos 75 anos, Joãosinho Trinta, além do prestígio, emprestou seu talento e orientou os blocos sobre a concepção do desfile, os enredos e alegorias, a decoração da cidade e as fantasias dos passistas.

“Inclusive a minha [fantasia], orgulhava-se a funcionária da prefeitura Uly Freire, porta-bandeira do Bloco Unidos do Lava-Pés, que venceu o carnaval, idealizado pelo vencedor de vários desfiles nos últimos anos no Rio de Janeiro.

O município de Cavalcante, no nordeste de Goiás, foi fundado em 1831 e fica a 300 quilômetros de Brasília. Cerca de 3 mil pessoas foram passar o carnaval na cidade, lotando hotéis e pousadas.

Fonte: Agência Brasil
Esta notícia está licenciada sob Licença Creative Commons Atribuição 2.5.

  
  

Publicado por em