Produtores de cachaça do Sul participam de mostra na Bahia

Grupo de produtores gaúchos expõe seus produtos na Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional

  
  

Integrantes da Cooperativa de Derivados de Cana-de-açúcar da região Centro (Coodercana) do Rio Grande do Sul terão uma excelente oportunidade para divulgar sua produção e estabelecer contatos comerciais com potenciais compradores durante a primeira edição da Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional, em Salvador.

O evento tem como objetivo apresentar, promover e incentivar o debate sobre a Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), propagar as ações que estão sendo implementadas e abrir espaço de comercialização para os produtos apoiados pelos programas do ministério, entidades vinculadas e parceiros.

O evento começou nesta terça-feira (24), no Centro de Convenções da Bahia, com quatro frentes de atuação: divulgação, tornando as iniciativas de desenvolvimento territorial em curso, com seus avanços e desafios, mais visíveis; formação, proporcionando a aprendizagem compartilhada em torno do desenvolvimento regional; articulação, visando facilitar a constituição de novas articulações, parcerias e elos de rede que impulsionem o desenvolvimento com base territorial; e fortalecimento de agenda estratégica, impulsionando o desenvolvimento regional como estratégia de inclusão e transformação social, no contexto brasileiro e no diálogo internacional.

Segundo a gestora do projeto Derivados de Cana-de-açúcar da região Centro, Fabiana Kellermann de Freitas, o grupo de produtores da Coodercana terá um espaço de 25 metros quadrados para comercializar seus produtos e divulgar as ações do projeto. Segundo Fabiana, os espaços no evento serão divididos por mesorregiões, de forma que o grupo de produtores ocupará o estande destinado à mesorregião da Metade Sul do Rio Grande do Sul.

“Durante a mostra, os produtores irão contar a história de união que levou à formação desse grupo. Na oportunidade, também irão mostrar o que tem sido feito para buscar a legalização de seus produtos”, afirma.

Conforme Fabiana, os produtores da cooperativa têm recebido consultorias individuais para adequação dos alambiques e também para se enquadrarem na legislação ambiental vigente. “Para este ano, os 30 produtores da Coodercana deverão receber R$ 594 mil. Os recursos serão repassados pelo Ministério da Integração Nacional para viabilizar a adequação de seus alambiques”, informa.

Para apresentar, promover e incentivar o debate sobre a Política Nacional de Desenvolvimento Regional, a mostra regional será constituída de palestras, painéis temáticos, apresentações e debates de experiências concretas, oficinas e minicursos. Destaque especial será dado para a exposição de produtos sustentáveis, projetos inovadores, atividades culturais e ambientes de aprendizagem coletiva.

A política, que foi institucionalizada em fevereiro de 2007, tem como objetivos principais a redução das desigualdades regionais e o incentivo à dinamização das potencialidades de desenvolvimento das regiões brasileiras. Como meio para alcançar esses objetivos, o Ministério da Integração Nacional busca promover a articulação entre as ações de diversas instituições federais, estaduais e locais, com o intuito de identificar e incentivar iniciativas que possam dar dinamicidade às economias regionais.

Serviço:
Sebrae/RS - (51) 3216.5165 e (51) 3216.5182
Sebrae/RS Centro - (55) 3223.2277

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em