Curro Velho - PA abre exposição indígena

A Fundação Curro Velho inaugura nesta quarta-feira (22), uma exposição sobre a cultura dos povos indígenas do Pará.

  
  

A Fundação Curro Velho inaugura nesta quarta-feira (22), uma exposição sobre a cultura dos povos indígenas do Pará. Denominada Nós, Indígenas!, a exposição contém de 80 a 100 peças dos acervos da Fundação Nacional do Índio (Funai) e da Arte Índia, que mostram elementos representativos do passado e do presente das comunidades.

A exposição fica aberta até o dia 30, na sede da Fundação Curro Velho, em Belém, e vai seguir um percurso, dividido em três atos. “Nós vamos seguir um roteiro de curadoria. O 1º ato será constituído de um espelho, só que esse reflexo vai dar a impressão de que há uma figura fragmentada do indígena atual, ou seja, nós. Num segundo momento teremos a maloca, com elementos, silhuetas, utensílios e plumárias suspensos, representando o trabalho”, informou Eneida Assis, curadora da exposição.

“Para simbolizar os conflitos marcados pelos povos, vamos colocar sonoplastias como gritos, tiros. No 3º ato, os visitantes irão visitar um cômodo com elementos que vão representar as misturas entre as culturas indígenas e atuais, por exemplo, uma rede, simbolizando a tradição indígena e um computador, utensílio indispensável da sociedade moderna”, disse Eneida.

Os idealizadores preferiram não especificar as comunidades, trazendo todos para um contexto único de discussão. “Dentro da maloca há um círculo formado por bancos ao redor do símbolo de uma fogueira. Em um determinado momento, os visitantes poderão trocar idéias como se fazia antigamente nas comunidades, inclusive discutir sobre o que viram durante a exposição”, complementou Armando Queiroz, do Sistema Integrado de Museus, responsável pela expografia.

Os administradores, pedagogos e professores interessados em levar os alunos para conhecer a exposição podem se informar através do telefone 3184-9100. Na programação ainda haverá oficina dos conhecimentos indígenas, no Espaço Raízes do Museu Emílio Goeldi, de manhã e à tarde. Na UFPA, rodas de conversas indígenas, discutindo questões contemporâneas: Identidade Cultural, Floresta e Educação/ Fórum Paraense de Educação do Campo e UFPA.

Serviço: Abertura da Exposição “Nós, Indígenas!” é nesta quarta-feira, 22, às 16 horas, na Fundação Curro Velho (Rua Prof. Nelson Ribeiro, 287 – Telégrafo)

Fonte: Agência Pará de Notícias

  
  

Publicado por em

Enoque arapyun aldeia vila franca

Enoque arapyun aldeia vila franca

28/07/2010 19:10:08
Achei ótima ideia, divulguem também povos dos rios Tapajós e Arapiuns, região de Santarem (PA).

FREDERYKCSON

FREDERYKCSON

12/05/2009 13:47:07
Eu achei bem interessante e inovador, pois nós temos de revelar a cultura dos índios do nosso país.