Ministérios vão criar política de gestão ambiental em terras indígenas

O ministro do Meio Ambiente afirmou que os médotos modermos de gestão ambiental e de manejo florestal podem ser agregados aos métodos tradicionais dos indígenas.

  
  

Os ministérios do Meio Ambiente e da Justiça formaram ontem (31) um grupo de trabalho para formular uma política de gestão ambiental em terras indígenas. O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, afirmou que os médotos modermos de gestão ambiental e de manejo florestal podem ser agregados aos métodos tradicionais dos indígenas.

“Estamos treinando lideranças indígenas em universidades rurais, em áreas de manejo. Há algumas comunidades que têm a memória oral e que já fazem isso, elas deixam uma terra em pouso para voltar seis anos depois e ter alimento e caça. Outras, por força das circunstâncias, perderam esse saber tradicional e têm de recuperar”, afirmou Minc.

O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Márcio Meira, que estava representando o ministro da Justiça, disse que é preciso ser estimulado esse intercâmbio entre o conhecimento dos índios e o científico.

"Acho que é no diálogo intercultural que podemos ter mecanismos de gestão mais eficientes de proteção dos biomas, das florestas indígenas. Até porque são os indígenas que mais protegem os biomas. Por isso tem de haver essa relação entre o conhecimento tradicional e o científico”, disse Meira.

O grupo de trabalho interministerial terá seis representantes indígenas e seis do governo federal e será responsável pela elaboração da política de gestão ambiental.

Fonte: Agência Brasil
Esta notícia está licenciada sob Licença Creative Commons Atribuição 2.5

  
  

Publicado por em