Ongs arrecadam alimentos para indígenas em Mato Grosso do Sul

Encerrou-se na segunda-feira (13/1) a campanha promovida pelas organizações não-governamentais Vida Pantaneira, de Porto Murtinho, e Ecologia e Ação (Ecoa), de Campo Grande, para arrecadar alimentos e sementes, que serão repassados à comunidade Guidai Ich

  
  

Encerrou-se na segunda-feira (13/1) a campanha promovida pelas organizações não-governamentais Vida Pantaneira, de Porto Murtinho, e Ecologia e Ação (Ecoa), de Campo Grande, para arrecadar alimentos e sementes, que serão repassados à comunidade Guidai Ichai, onde vivem 32 famílias do povo indígena ayoreo.

“A ação foi emergencial e urgente pois os ayoreo estão sem alimentos, sem produção agrícola alguma, aparentemente estão desnutridos e muitos já estão doentes”, alerta a técnica responsável pelo setor indígena da Ecoa, Adriana Barros.

Os alimentos preferenciais para doação, que já são consumidos tradicionalmente pelos ayoreo, são o feijão, arroz, fubá e milho. Sementes de feijão, abóbora, melancia, milho e ramas de mandioca também estão na lista de produtos da campanha realizada, e podem garantir aos indígenas produção para venda no comércio local de Porto Murtinho e alimentação de subsistência.O ponto de arrecadação fica na sede da Ecoa, em Campo Grande.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em