Passeio da Primavera foi marcado por muito sol, trilha fácil e ajuda aos índios

O Passeio da Primavera, organizado pelo Jeep Clube do Brasil, reuniu mais de 250 pessoas e 90 jipes, que percorreram 70 quilômetros por trilhas na zona sul de São Paulo. Casais, famílias e amigos se encontraram no estacionamento do posto no quilômetro 15

  
  

O Passeio da Primavera, organizado pelo Jeep Clube do Brasil, reuniu mais de 250 pessoas e 90 jipes, que percorreram 70 quilômetros por trilhas na zona sul de São Paulo. Casais, famílias e amigos se encontraram no estacionamento do posto no quilômetro 15 da Rodovia dos Imigrantes e colaram os adesivos nos carros, entregaram a cesta básica e às 9 horas largaram para percorrer mais 30 quilômetros de asfalto antes de chegar na trilha. O Passeio da Primavera é realizado há 12 anos pela associação off road mais antiga do país.

A Mata Atlântica já pôde ser vista no início do trecho, que foi bem tranqüilo, com muitas pedras e alguns buracos, mas nada que dificultasse a passagem dos veículos. Já no início do passeio os participantes viram máquinas, tratores e escavadeiras enferrujando à margem da estrada de
terra, aparelhos que retiravam areia das encostas da serra. O trabalho foi interrompido há alguns anos e a região está sendo reflorestada.

Depois de percorrer 50 quilômetros, a caravana chegou à primeira parada do passeio, a Aldeia Tenon-D-Poran, de índios guarani, que vivem próximos ao bairro Engenheiro Marsilac.

O território indígena é demarcado e são 25 hectares para 720 índios, espaço muito pequeno, segundo o vice-cacique Natalício Souza, de 28 anos, que recebeu a doação das cestas básicas arrecadadas antes da largada.

`Gostamos muito quando recebemos estas doações, pois não temos ajuda de ninguém. A terra aqui é ruim para plantar e não conseguimos o suficiente para alimentar todo mundo. Plantamos mandioca, batata, banana e milho, só para consumo próprio.

Conseguimos um pouco de dinheiro com a venda de artesanato, que está em algumas lojas de São Paulo`, explica Karai, nome indígena do vice-cacique, que significa protetor da selva.

Depois de conhecer as ocas e comprar artesanato, os participantes seguiram mais dez quilômetros até a próxima parada. Os jipes ficaram no estacionamento do posto do Grupo Especial de Proteção Ambiental (Gepam), um grupamento da guarda civil metropolitana, onde foi servido um lanche.

Depois de uma pequena caminhada de 500 metros, os visitantes chegavam à estação de trem Evangelista de Souza,desativada, última antes da descida da serra.A linha férrea ainda é utilizada,mas apenas para manutenção de vagões e locomotivas de carga.A última parada era a mais esperada, devido ao calor intenso.

Os dez quilômetros finais seguiram a linha do trem até chegar a uma estradinha que dá acesso à cachoeira do rio Capivari, fim da trilha e alegria principalmente da criançada, que se refrescou nas águas geladas da piscina formada pelas pequenas quedas do rio.

`Este foi o nosso primeiro passeio e gostamos demais. A trilha foi bem fácil, ideal para quem não tem experiência. O mais importante é a diversão e a conquista de novas amizades`, disse o holandês Willen van Hees, acompanhado de sua mulher Dóris van Hees, brasileira.

`Agora estamos pensando em fazer um curso de pilotagem e participar de competições também`, revelou Dóris.

Para os organizadores do passeio, o principal objetivo, que é a participação de toda a família, foi cumprido. As inscrições foram fechadas com 90 veículos, para a própria segurança dos participantes.

`Organizamos este passeio bem leve para que as crianças, as pessoas com pouca experiência e carros 4x2 pudessem participar.

O passeio foi um sucesso, todos gostaram muito, mas infelizmente não pudemos abrir mais inscrições. Se deixássemos chegaríamos a 150 veículos com facilidade, mas seria inviável para a organização`, disse Gerson Rodrigues, diretor da Mesa 4 Comunicações, apoiadora do evento.

O Passeio da Primavera foi uma realização do Jeep Clube do Brasil, com patrocínio de Goodyear e apoio da Mesa 4 Comunicações.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em