Responsabilidade Social no Turismo receberá prêmio

Iniciativa do Ministério do Turismo, em convênio com a FGV e o WCF-Brasil, quer reconhecer e disseminar boas práticas na proteção às crianças e adolescentes. O Programa Turismo Sustentável e Inf&ac

  
  

Iniciativa do Ministério do Turismo, em convênio com a FGV e o WCF-Brasil, quer reconhecer e disseminar boas práticas na proteção às crianças e adolescentes.

O Programa Turismo Sustentável e Infância (TSI) entra em nova fase. Lançado em 2004 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com o objetivo de combater a exploração sexual de crianças e adolescentes no Turismo, o TSI vai premiar este ano as melhores práticas de empresas e organizações não-governamentais (ONGs), além de criar uma base teórica que permita a formulação de políticas públicas sobre o tema. Por meio de convênio com a Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (Ebape/FGV) e o Instituto WCF – Brasil, o Ministério do Turismo lança o Prêmio de Responsabilidade Social de Empresas Turísticas e o Observatório de Inovação Social do Turismo.

Até o dia 22 de julho poderão se inscrever para a premiação empresas do setor turístico – hotéis, agências de viagem, operadoras etc – e ONGs que desenvolvam projetos ou possuam experiências de responsabilidade social no combate e prevenção da exploração sexual de crianças e adolescentes no Turismo. Os três melhores colocados serão conhecidos em cerimônia pública e terão suas experiências publicadas.

“Com o prêmio o governo federal reconhecerá e disseminará essas boas práticas de responsabilidade social. Dessa forma estimularemos a atitude ética e compromissada das empresas em relação às suas atividades e à sociedade, incentivando a adoção de práticas semelhantes por outras empresas e pela sociedade civil”, conclui a ministra Marta Suplicy.

Pesquisas - O Observatório será constituído por pesquisadores selecionados pela FGV, de acordo com critérios definidos pelo MTur e o WCF – Brasil, o braço brasileiro da ONG World Childhood Foundation, criada pela Rainha Sílvia, da Suécia, com o objetivo de combater a violência sexual contra crianças e adolescentes. Serão 20 pesquisadores, distribuídos em cinco grupos de trabalho, baseados no Rio de Janeiro, Salvador, Brasília, São Paulo e Manaus. No total, serão produzidos 15 textos de discussão e cinco artigos para disseminação e publicação nos sites patrocinadores e em revistas acadêmicas.

“Vamos, com o Observatório, gerar conhecimentos que possibilitem o desenvolvimento de uma crítica com fundamentação acadêmica, e assim propor caminhos que possam mudar esta realidade, a partir da mobilização, da sensibilização e da qualificação junto à cadeia produtiva do Turismo para a proteção das crianças e dos adolescentes”, afirma Elisabeth Bahia, coordenadora do Programa Turismo Sustentável e Infância.

Os interessados em participar da premiação podem encontrar mais informações, ficha de inscrição e regulamento no site www.ebape.fgv.br/prstur. As fichas de inscrição devem ser preenchidas e enviadas para o endereço premio.turismo@fgv.br, até o dia 22 de julho.

Prazo de inscrições: 22 de julho | Regulamento e ficha de inscrição: www.ebape.fgv.br/prstur | Endereço para enviar as inscrições: premio.turismo@fgv.br

Fonte: Portal Fator

  
  

Publicado por em