Acessibilidade: Gruta do Lago Azul ganhará escadas

O acesso a Gruta do Lago Azul sempre foi difícil, devido a sua inclinação e obstáculos pelo caminho, mas agora deficientes e idosos poderão contemplar a paisagem sem se preocupar com o caminho

  
  
As novas escadarias têm formato circular

O acesso a Gruta do Lago Azul, em Bonito, no Mato Grosso do Sul, sempre foi difícil, devido a sua inclinação e obstáculos pelo caminho. Pessoas com dificuldades de locomoção ou mesmo aqueles que usam óculos multifocais, como já houve relatos, também chagaram a se queixar.

Iniciado no ano passado, o projeto de construção das escadarias da Gruta do Lago Azul foi elaborado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e conta com a aprovação dos órgãos responsáveis. A execução vem sendo realizada sem interrupção das visitações e com recursos do Fundo Municipal de Turismo.

Obra das escadarias da Gruta do Lago Azul é feita artesanalmente

As novas escadarias têm formato circular e estão sendo construídas com pedras da própria região, semelhantes às existentes na gruta. Os objetivos principais das mudanças são os de garantir maior segurança durante o trajeto, possibilitando também que os grupos entrem por uma extremidade e saiam por outra - facilitando o trânsito no interior do local. Atualmente existe apenas um caminho interno para ida e volta.

A obra também fará com que a gruta atenda às normas de acessibilidade possibilitando seu uso por portadores de deficiência, com dificuldades de locomoção, crianças e turistas da melhor idade.

Segundo o secretário de Turismo, o trabalho é artesanal, envolvendo oito operários nesse processo que é feito de maneira artesanal.

Fonte: Agência Ar Bonito

  
  

Publicado por em

Denise

Denise

08/03/2012 21:25:31
Acho a idéia EXCELENTE! Estive em Bonito em abril de 2011 e no grupo ao qual eu estava e que foi visitar a gruta havia um senhor que o sonho dele era conhecer o interior da gruta. Mas esse sonho se transformou em pesadelo devido a impossibilidade dele descer por causa de um problema no joelho e o difícil acesso ao interior da gruta (obstáculos no caminho e pedras escorregadias). Fiquei inconformada com o ocorrido, mas o guia informou que as agência que tem que informar as condições do passeio, mas não o fazem. As agências de viagem, que vendem o pacote não informam sobre o tipo de acesso, pois não querem perder cliente e o mesmo volta frustado por não conseguir descer a gruta. Esta solução beneficiará muitas pessoas e a trará muito mais turistas.