Governo quer conhecer perfil do turista com deficiência

O objetivo do estudo é levantar informações que identifiquem as características, comportamentos de consumo e necessidades deste público. O trabalho possibilitará também conhecer a percepção deste segmento em relação à infraestrutura e ao atendimento

  
  

O prazo para a apresentação de propostas para a realização do “Estudo de Demanda do Turista com Deficiência”, está aberto até o dia 10 de setembro no portal da UNESCO (http://apps.unesco.org.br/edital/). A iniciativa faz parte de uma articulação entre o Ministério do Turismo (MTur) e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH) para estimular o desenvolvimento de ações conjuntas que fortaleçam o turismo acessível no Brasil.

O objetivo do estudo é levantar informações que identifiquem as características, comportamentos de consumo e necessidades deste público. O trabalho possibilitará também conhecer a percepção deste segmento em relação à infraestrutura e ao atendimento nos destinos turísticos, além das barreiras para a realização de viagens.

A proposta do MTur e da SDH é disseminar essas informações na cadeia produtiva do turismo e sensibilizar gestores públicos e privados para a adequação dos serviços oferecidos ao turista com deficiência. O projeto vai contribuir também para a adoção de medidas em busca do cumprimento da Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência, no que se refere à participação dessa população em atividades culturais, recreativas e esportivas.

No âmbito do Ministério do Turismo, são apoiadas iniciativas de acessibilidade urbana, de adaptação de atividades turísticas, de sensibilização e disseminação de informações sobre o tema. Um exemplo é o projeto Turismo Social, cujo objetivo é criar condições de viagens de lazer para pessoas com deficiência, segmentos populares e para grupos em situação de vulnerabilidade ou de exclusão social.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em