Associado ABETA promove intercâmbio cultural através de Programa de Estágios

Proporcionar a oportunidade de conhecer um destino turístico e vivenciar o funcionamento operacional de um atrativo, colocando em prática os ensinamentos adquiridos nas Universidades

  
  
Intercâmbio cultural

Proporcionar a oportunidade de conhecer um destino turístico e vivenciar o funcionamento operacional de um atrativo, colocando em prática os ensinamentos adquiridos nas Universidades. Este é um dos princípios do Programa de Estágio oferecidos pelos atrativos Estância Mimosa Ecoturismo e Recanto Ecológico Rio da Prata, associados da ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura), localizados respectivamente em Bonito e Jardim no Estado de Mato Grosso do Sul.

Para o acadêmico do 8º Período de Turismo – Escola Superior de Artes e Turismo - Universidade do Estado do Amazonas – ESAT/UEA, Alone Adriano Pereira Pinheiro, de 22 anos, essa oportunidade foi possível devido ao seu interesse, sua dedicação e a participação em cursos da ABETA.

Foi através do site da ABETA que Alone Adriano descobriu o programa de estágio dos passeios Rio da Prata e Estância Mimosa para acadêmicos do curso de turismo e ciências biológicas. "A ABETA foi de fundamental importância para que eu conseguisse o estágio. Isso se deu através do conhecimento que adquiri nos cursos e ações que a mesma promove em Manaus, além dos contatos que são realizados nos eventos", afirmou Alone Adriano.

Após passar pelos critérios de seleção das empresas, Alone Adriano chegou à Bonito no dia 15 de julho para dar início às suas atividades como estagiário na Estância Mimosa Ecoturismo e logo que entrou na sede da fazenda, observou o comprometimento das empresas com ações da Abeta. “Tanto a Estância Mimosa como o Rio da Prata trabalham com o Sistema de Gestão de Segurança ação que, graças aos cursos que participei, já tinha conhecimento".

Esta foi a primeira vez que o acadêmico de Turismo veio ao Mato Grosso do Sul e ficou encantado com as belezas naturais de Bonito, bem como sua organização turística. "Bonito é um exemplo de sucesso, não é por acaso que tem reconhecimento mundial, aqui se utiliza um dos princípios básicos do ecoturismo – minimizar os impactos e maximizar os benefícios, isso prova que a atividade turística, mesmo sendo complexa, se for feita com o planejamento correto pode ser vetor de desenvolvimento tanto para a comunidade local como para os investidores". Alone Adriano ressaltou ainda outros detalhes observados no município. "A cidade é limpa, segura e tem uma oferta turística de produtos e serviços de muita qualidade. Muitos hotéis, muitas agências, empresas de transportes, guias de turismo e é claro, atrativos de beleza única".

Para a proprietária do passeio, Simone Spengler Coelho, é muito importante abrir canal para acadêmicos, pois permite a troca de informações e conhecimentos culturais. “Recebemos estagiários já a 14 anos no Rio da Prata e a 10 anos na Estância Mimosa. É uma troca de experiência muito rica, tanto para o acadêmico como para nós. Ao longo desses anos, vários estagiários já foram efetivados e hoje são nossos colaboradores. O Alone está desenvolvendo um ótimo trabalho no estágio, se integrou muito bem com a equipe, é muito dedicado e é muito interessado tanto em aprender, como também a contribuir com seu conhecimento e suas idéias”, afirma Simone.

O estágio de Alone Adriano termina no próximo dia 17 e ele retornará para Manaus, mas leva consigo a experiência do funcionamento diário de um atrativo turístico localizado no coração de Bonito, aumentando assim sua qualificação como futuro profissional de turismo. "Estou aprendendo muito na Estância Mimosa, é muito importante acompanhar o processo de funcionamento de um empreendimento turístico de perto, ainda mais em uma empresa que é premiada pelos trabalhos que desenvolve. Não tenho dúvidas que essa experiência abrirá muitas portas do mercado de trabalho, seja em Manaus/AM ou em qualquer outro lugar", conclui Alone Adriano.

O acadêmico de turismo, Alone Adriano, recebeu o apoio para a realização do estágio em Bonito (MS) dos seguintes profissionais: Eduardo Cunha, proprietário da Agência Amazon Tree Climbing; Eduardo Coelho, proprietário dos atrativos Rio da Prata e Estância Mimosa; Professora Maria Helena, Vice-Presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens – ABAV/AM e proprietária da Agência de Viagens Lírio da Amazônia e Francisco Alves, Estatístico da AmazonasTur – Empresa Estadual de Turismo – AM.

Fonte: ABETA

  
  

Publicado por em