Comissão da Amazônia aponta prioridades de investimentos para a região

A ministra Marta Suplicy, discutiu hoje (29), no Ministério do Turismo, com parlamentares da Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional da Câmara dos Deputados, propostas para o desenvol

  
  

A ministra Marta Suplicy, discutiu hoje (29), no Ministério do Turismo, com parlamentares da Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional da Câmara dos Deputados, propostas para o desenvolvimento do turismo na região. Os parlamentares pediram o apoio do Ministério do Turismo na liberação de verbas para investimento em infra-estrutura turística, uma das formas, segundo eles, de se gerar emprego e renda para a população local.

Durante a reunião, foi discutida a proposta de criação de um restaurante-escola em Porto-Velho (RO). “A Amazônia é o ouro do Brasil em termos de turismo, mas tudo ainda precisa ser feito, há necessidade de investimentos em obras de infra-estrutura, qualificação, estradas, saneamento básico”, reconheceu a ministra.

Os parlamentares sugeriram que o Ministério do Turismo faça um mapeamento das potencialidades turísticas de cada estado que integra a Amazônia, para que possam direcionar as emendas ao Orçamento Geral da União e fazer uma distribuição democrática dos recursos. Eles defenderam ainda a necessidade de mais investimentos em transportes. Deram ênfase à aviação regional, aos portos fluviais e à criação de um programa que incentive viagens pelos rios como fatores importantes para incrementar o turismo regional.

Os membros da comissão sugeriram ainda investimentos em obras de infra-estrutura básica, como a implantação de energia elétrica em municípios não contemplados. Eles alegam que a região Norte tem enorme potencial turístico que não é explorado em virtude de tais deficiências.

“Temos que pensar cada região, de acordo com suas características”, afirmou a ministra. Na semana passada, ela participou de audiência pública na mesma comissão e sugeriu aos parlamentares que elevassem para R$ 100 milhões, em 2008, os investimentos no setor para nove estados que compõem a Amazônia Legal. São eles: Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Fonte: Portal Brasileiro do Turismo

  
  

Publicado por em