Embratur promove curso sobre Conta Satélite de Turismo

Técnicos dos órgãos estaduais de planejamento e estatística e das secretarias estaduais de turismo irão participar nas próximas semanas do 1º Curso sobre Conta Satélite de Turismo. Promovido pelo Ministério do Turismo / EMBRATUR (Instituto Brasileiro

  
  

Técnicos dos órgãos estaduais de planejamento e estatística e das secretarias estaduais de turismo irão participar nas próximas semanas do 1º Curso sobre Conta Satélite de Turismo.

Promovido pelo Ministério do Turismo / EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo) e pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com o apoio da OMT (Organização Mundial de Turismo) e da Cepal (Comissão Econômica para América Latina e Caribe), o evento tem como objetivo dar início ao desenvolvimento de uma metodologia única para a implantação da Conta Satélite de Turismo (CST) em nível regional.

Os estados das regiões Norte e Nordeste participam do seminário em Recife (PE), entre os dias 22 e 26 de novembro, promovido em parceria com a Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (CONDEPE/FIDEM) e a EMPETUR (Empresa de Turismo de Pernambuco). Para os demais estados o encontro será no Rio de Janeiro (RJ), entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro.

`Os seminários visam equalizar conhecimentos sobre Contas Nacionais e dar base técnica sobre Contas Satélites para profissionais de turismo`, diz o diretor de Estudos e Pesquisas da EMBRATUR, José Francisco de Salles Lopes. Ele explica que esse é o início de um processo pelo qual o IBGE irá adaptar a metodologia existente para o uso regional.

`Nossa intenção é produzir Contas Satélites de Turismo regionalizadas, que demonstrem indicadores como o PIB turístico e empregos gerados pelo setor em cada estado`, afirma o diretor.

O objetivo é que cada estado brasileiro adote a mesma metodologia, seguindo os padrões internacionais, para elaborar a sua respectiva conta de turismo.

O seminário será conduzido por Juan Falconi e Salvador Marconi, consultores internacionais da OMT e da Cepal. A CST é um instrumento estatístico elaborado para medir o consumo de bens e serviços que não aparecem discriminados dentro das Contas Nacionais.

No caso do setor de turismo, por exemplo, essa medição envolve um conjunto de atividades, como transporte, meios de hospedagem, serviços de alimentação, entre outras.

Por usar definições e classificações internacionais, a CST possibilita a comparação de dados com outros setores da economia, entre um país e outro e também entre grupo de países.

A primeira ação da EMBRATUR para promover a elaboração da CST foi o 1º Seminário Subregional da Conta Satélite de Turismo no Âmbito do Mercosul. Durante três dias no último mês de abril,representantes de sete países da América Latina estiveram reunidos em Brasília para discutir o tema.

Fonte: Assessoria de Comunicação da EMBRATUR

  
  

Publicado por em