Palestra em São Paulo enfocará que viagem de bicicleta exige planejamento

O cicloturismo pode ser encarado como uma forma de ecoturismo quando o viajante procura locais de natureza preservada e maior contato com a natureza.

  
  

Pedalar em ritmo de aventura também requer organização e planejamento! Nos próximos dias 27 e 30 de setembro, Eliana Garcia, bióloga, educadora ambiental, cicloturista há 20 anos e uma das fundadoras do Clube de Cicloturismo do Brasil, vai estar proferindo duas palestras gratuitas :

- Dicas de Alimentação para cicloturistas:

O que levar e o que não levar, em termos de alimentação, para uma viagem ou passeio de bicicleta? Aqui cada um tem uma resposta ou uma dúvida...

O objetivo é fazer um bate-papo sobre as muitas opções de alimentação, tanto para viagens onde se precisa apenas de lanches e alimentos durante o dia, quanto para viagens longas onde o cicloturista prepara a própria comida.

A idéia é não ficar restrito apenas a opções óbvias como géis de carboidrato, ou miojo com atum, mas procurar de forma criativa descobrir alimentos leves, simples de preparar e com um sabor especial. Serão destacados alimentos que servem como boa fonte de nutrientes e que são, ao mesmo tempo, duráveis.

A cicloturista Eliana Garcia irá conduzir o bate-papo, contando um pouco da sua experiência nesse assunto, que teve início em sua primeira viagem de bicicleta em 1988. De lá para cá, ela vem estudando e aprimorando as receitas e as opções de alimentação.

As reuniões são gratuitas e abertas a todos os interessados no assunto. Na verdade, estes encontros tem a função de permitir que a comunidade cicloturística, desde o iniciante ao veterano, possa se encontrar, trocar experiências e planejar viagens.

Serviço:

Local: SESC Ipiranga - Rua Bom Pastor 822
Ipiranga - São Paulo
Data: 27 de setembro de 2008
Entrada gratuita

- Planejamento de uma viagem de bicicleta:

O cicloturismo pode ser encarado como uma forma de ecoturismo quando o viajante procura locais de natureza preservada e maior contato com a natureza. Com um veículo genuinamente ecológico, o cicloturista gera um menor impacto nas regiões que visita.

Quem viaja de bicicleta tem ainda uma possibilidade muito maior de interação com as comunidades locais, praticando um tipo de turismo, onde o que se privilegia é a busca de um conhecimento mais aprofundado de como é a vida das pessoas em cada lugar onde passa.

O cicloturismo traz ainda a possibilidade de realização de outras práticas numa mesma viagem, como caminhadas, visitação de cavernas, visita a comunidades quilombolas, sítios arqueológicos, mergulho e uma infinidade de outras atividades que se alinham a um turismo sustentável.

Mas, para uma viagem deste tipo ter sucesso, é necessária uma série de preparativos, uma fase importantíssima que antecede a saída, ou seja o planejamento.

O planejamento para um cicloturismo autônomo (sem carro de apoio) para locais com atrativos naturais geralmente implica num planejamento muito próximo ao do turismo de aventura. Todos os detalhes são importantes, e é necessário pensar com cuidado em todas as situações a que estaremos expostos durante a jornada. A bicicleta, os equipamentos, a saúde, o preparo físico, as condições climáticas são alguns dos pontos a serem abordados nesta palestra por Eliana Garcia, diretora do Clube de Cicloturismo, Bióloga e Educadora Ambiental.

Serviço:

Local: SESC Avenida Paulista - av. Paulista, 119 Paraíso- São Paulo
Data: 30 de setembro de 2008
Horário: 19:30h
Entrada gratuita

Fonte:Lilás Comunicação

  
  

Publicado por em

Sergio luis campos dias

Sergio luis campos dias

09/10/2009 14:20:36
Sou Ciclista e gostária de fazer uma viagem de Salvador a Rio de Janeiro, estou fazendo roteiro e gostária de umas dicas sobre alimentação o que consomir diariamente.acho muito bom esse tipo de palestra pena que em Salvador não tem essas palestra um abraço valeu.