UnB abre vagas para o curso Gestão Hoteleira Sustentável

Os estudantes de Turismo e Hotelaria e os gestores de meios de hospedagem têm uma nova oportunidade para especialização e capacitação profissional. O Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasíli

  
  

Os estudantes de Turismo e Hotelaria e os gestores de meios de hospedagem têm uma nova oportunidade para especialização e capacitação profissional. O Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília (CET/UnB) abre novas vagas para o curso de especialização Gestão Hoteleira Sustentável. A data limite para inscrição é dia 8 de maio. As aulas começam no dia 11 do mesmo mês.

O curso prepara gestores ou gerentes de hotéis para identificar e combater os impactos que o empreendimento possa representar junto à comunidade onde está inserido. A preservação dos recursos naturais, a valorização da cultura local e a inserção econômica da comunidade (geração de empregos e renda) são pré-requisitos para a prática sustentável das atividades hoteleiras.

Metodologia

Um olhar diferente sobre a sustentabilidade. Com essa proposta, a professora Iara Brasileiro, coordenadora do Núcleo de Turismo Sustentável do CET/UnB, define a metodologia do curso de especialização oferecido pela instituição.

Segundo Iara, é preciso enxergar a Hotelaria de uma maneira mais solidária e não priorizar sempre o lado econômico, mas a harmonia entre ele e outros três fatores principais: a questão ambiental, cultural e social. "É preciso construir formas de ver a Gestão Hoteleira e o Turismo com um olhar mais amoroso", ressalta.

A metodologia do curso Gestão Hoteleira Sustentável divide-se em aulas expositivas, teóricas e práticas. Os alunos terão contato com estudos de caso, seminários e workshops. O curso vai de 11 de maio deste ano a 25 de agosto de 2008. Quinzenalmente, às sextas-feiras, das 14 às 22 horas, e aos sábados, das 8h30 às 12h20. Clique aqui e saiba mais sobre o curso.

Comportamento

De acordo com a professora e co-coordenadora do curso, Ariadne Bittencourt, para o bom desempenho de um meio de hospedagem é preciso por em prática ações pontuais que reflitam em mudanças éticas e comportamentais dos funcionários e, até mesmo, dos próprios clientes. "O investimento em mudanças de comportamento pode gerar redução de gastos com água e luz, por exemplo, em até 60%", analisa Ariadne.

A professora lembra que tal redução pode ser alcançada a médio e longo prazo. "As alternativas para redução de gastos econômicos e diminuição de impactos ambientais não ocorrem a curto prazo, mas ajudam o empreendimento a se manter economicamente", explica.

Capacitação

Para o especialista na área de hotelaria, Moacyr Florentino, o quadro de profissionais que trabalha com hotelaria e hospitalidade precisa de capacitação e especialização. "O curso oferecido pelo CET vem ao encontro das necessidades da hotelaria no Brasil", destaca Florentino, que está envolvido há quatro décadas com o mercado de Hotelaria.

Fonte: Portal Bonito

  
  

Publicado por em