`Descubra o Brasil ` atinge 1300 profissionais estrangeiros

O Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), fecha o semestre contabilizando 1.303 participantes estrangeiros – entre operadores de turismo e agentes de viagens – em 15 edições dos seminários “Descubra o Brasil”. Pr

  
  

O Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), fecha o semestre contabilizando 1.303 participantes estrangeiros – entre operadores de turismo e agentes de viagens – em 15 edições dos seminários “Descubra o Brasil”.

Promovido pela Embratur, em parceria com Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) e Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária), o programa passou por mercados na Europa, América do Norte e América do Sul com o objetivo de ampliar e diversificar a oferta do Destino Brasil na prateleira internacional.

As últimas edições foram voltadas para o mercado sul-americano, passando por Córdoba (Argentina), no último dia 13/6, Santiago (Chile), 20, e Montevidéu (Uruguai), 22.

Para o diretor-executivo do Resorts Brasil, Gelson Popazoglo, que esteve nos encontros do Chile e Uruguai, o seminário agrega valor aos produtos de seus associados.

Segundo ele, profissionais dos dois países mostraram grande interesse pelos destinos oferecidos, entre eles, Costão do Santinho e Plaza Itapema (SC), Blue Tree de Angra dos Reis (RJ) e Ocean Palace de Natal (RN). `São representantes que já têm histórico e vendem pra cá`, comentou.

Para o diretor de Turismo de Lazer e Incentivo da Embratur, Ronnie Schroeder, os seminários superaram as expectativas de público e possibilitaram trabalhar com operadoras e agências em novos mercados como Canadá, México, Rússia e as cidades de Dallas e Atlanta.

Além das cidades da América do Sul citadas, o calendário do “Descubra o Brasil” nesses primeiros seis meses incluiu Frankfurt (Alemanha), Moscou (Rússia), Estocolmo (Suécia), Bergamo (Itália), Madri (Espanha), Londres (Reino Unido), Paris (França), Cidade do México (México), Montreal, Toronto (Canadá), Atlanta e Dallas (Estados Unidos). Por enquanto, já estão previstas edições no segundo semestre em Bogotá (Colômbia), Dubai (Emirados Árabes) e Pequim (China).

O programa têm como objetivo integrar as ações de promoção turística que já são desenvolvidas no exterior. Nesse sentido, o presidente do Comitê Descubra o Brasil no Uruguai, Fernando Roca, que esteve presente em Montevidéu, aprovou a apresentação e comentou que as viagens da Caravana Brasil, programa da Embratur que traz operadores estrangeiros para conhecer in loco destinos brasileiros, realizadas no ano passado para Minas Gerais e este ano para Pantanal e Bonito (MS) têm mostrado para os profissionais do país um Brasil mais diversificado daquele que eles conhecem.

De caráter comercial e dedicados exclusivamente ao Brasil, os seminários reúnem profissionais de turismo estrangeiros que assistem a uma apresentação do País modulada de acordo com recomendações promocionais específicas para o seu mercado.

Essas recomendações são derivadas do Plano Aquarela - Marketing Turístico Internacional, estudo que dá as bases para a promoção do Brasil no exterior a partir de cinco grandes segmentos: Sol e Praia; Negócios e Eventos; Cultura; Esportes; e Ecoturismo.

Os encontros são sempre encerrados com uma rodada de negócios com os profissionais brasileiros. Ao todo, 156 empresas nacionais, entre operadoras de receptivo internacional, meios de hospedagem e companhias aéreas, participaram dos seminários como co-expositoras neste semestre. Veículos de imprensa e formadores de opinião em cada mercado também são convidados. Os seminários são também sempre acompanhados pelos EBTs (Escritórios Brasileiros de Turismo) no exterior, de acordo com seus mercados de atuação.

Os parceiros do projeto estão satisfeitos com os resultados até agora. Segundo a coordenadora do convênio com a Embratur e Infraero pela Braztoa, Flávia Matos, as ações do “Descubra o Brasil” são direcionadas para a geração de negócios: “Tivemos um retorno bastante positivo, uma vez que todos os co-expositores brasileiros fecharam negócios com os empresários estrangeiros dos países visitados. É extremamente satisfatório para a Braztoa poder contribuir com a promoção do turismo brasileiro e, conseqüentemente, para a geração de emprego e renda”.

Ela ressaltou ainda que as ações do convênio atingiram novos mercados. Os seminários na América do Sul também tiveram ótimos resultados. “A proximidade geográfica com o Brasil facilita bastante a vinda de turistas sul-americanos”, afirmou.

Já a assessora da presidência da Infraero, Ingrid Luck, disse que os resultados têm sido surpreendentes. `Essa parceria traz novos vôos, principalmente charters, para o Brasil. Nosso objetivo é buscar um maior número de ligações para exportarmos produtos perecíveis, como frutas, flores e pescado, nos porões das aeronaves. E com esses encontros temos atingido novos mercados`.

O incremento de charters tem sido verificado pelos desembarques internacionais. Apenas nos primeiros cinco meses deste ano, 197.560 passageiros chegaram ao Brasil em fretamentos, contra 174.814 no mesmo período de 2005, um aumento de 13,01%.

Em alguns países houve ainda a realização dos eventos `Noites Brasileiras`, reforçando a presença verde-amarela com elementos da cultura do País, como música, dança e outras manifestações folclóricas.

Foram três edições, reunindo 1.030 participantes. A última aconteceu em Córdoba, na noite anterior ao seminário. As demais foram em Lima (Peru), dentro da programação da feira SIT Peru (Salón Internacional de Turismo), em maio, e Berlim (Alemanha), em março, junto à feira ITB (International Tourism Exchange).

Fonte: Embratur

Del Valle Editoria
Contato: vininha@vininha.com

  
  

Publicado por em