24º Encontro Comercial da Braztoa recebe cerca de 2.000 agentes de viagens

O 24º Encontro Comercial da Braztoa – Associação Brasileira das Operadoras de Turismo, que aconteceu dias 10 e 11 de novembro no Centro de Convenções do Shopping Frei Caneca, em São Paulo, recebeu 1.988 agentes de viagens (sendo 514 de outras cidades), o

  
  

O 24º Encontro Comercial da Braztoa – Associação Brasileira das Operadoras de Turismo, que aconteceu dias 10 e 11 de novembro no Centro de Convenções do Shopping Frei Caneca, em São Paulo, recebeu 1.988 agentes de viagens (sendo 514 de outras cidades), o maior número já registrado em um evento da entidade realizado no segundo semestre. Eles puderam conferir os últimos lançamentos do mercado do turismo para a próxima temporada (2005-2006) e para o Carnaval.

Na 22ª edição, realizada em novembro do ano passado em São Paulo, o público total foi de 1.400 agentes. O crescimento foi, portanto, de 42%. Tradicionalmente os ECBs do primeiro semestre recebem mais visitantes, a 23ª edição, em março deste ano, por exemplo, teve 2.470 agentes de viagens.

A feira contou com um total de 101 estandes e 104 expositores - 60 operadores Braztoa e 44 parceiros comerciais e entidades. A grande oferta, a diversidade e a qualidade de produtos e serviços turísticos apresentados e o espaço e a organizacão geral do evento foram os principais atrativos para os visitantes.

“O material promocional é ótimo e os estandes são excelentes. Pretendo voltar em março”, disse Regina Cotomacci, da agência Ortona Mare, de Campinas.

“Com estandes amplos e confortáveis tivemos um atendimento muito bom pelos operadores e pudemos fazer muitos contatos”, comentou Miriam Gomes, da MM Turismo, de Santos. Elas estão entre os mais de 404 agentes de viagens do Interior de São Paulo e de outros quatro Estados que foram ao evento pelas 16 caravanas gratuitas oferecidas pela Braztoa. No total 478 visitantes, contando aqueles que utilizaram transporte próprio ou aéreo, hospedaram-se por uma noite na capita paulista como cortesia da entidade. Os demais 36 optaram por não utilizar a diária gratuita.

O 24º ECB ocupou uma área total de 4,5 mil m² no 5º andar do shopping. Os estandes das operadoras tinham 15 m², com um pequeno lounge para reunião. A entrega de uma autêntica mala de viagens contendo os kits de divulgação de todas operadoras participantes facilitou o trabalho dos agentes. Assim, sabendo que a maior parte do material seria entregue na saída, eles puderam ir direto aos estandes das operadoras pelas quais tinham mais interesse.

Mais fretamentos:

O presidente da Braztoa, José Zuquim anunciou que na próxima alta temporada (2005-2006), cerca de 300 fretamentos aéreos nacionais semanais devem ser realizados por semana pelas operadoras associadas, entre elas CVC, PNX, Visual, Ambiental, RCA, Marsans e outras. Na temporada anterior (2004-2005) a média semanal de fretamentos foi de 220. “Quem já fretava está fretando mais e quem não fretava passou a fretar”, revelou.

Novidades:

Além dos fretamentos, operadoras da Braztoa apresentaram imensa gama de produtos turísticos de qualidade: novas opções de cruzeiros marítimos, roteiros exclusivos para o Natal, Réveillon e Carnaval, novos destinos, hotéis e representações, serviços diferenciados, pacotes segmentados, programas de intercâmbio com novos cursos, planos de seguro de viagens com reembolso em euros, entre outros.

Promoções, com parcelamento em até 10 vezes ou mais sem juros, atraíram os agentes. Muitas novidades também foram levadas à feira pelos parceiros comerciais, entre eles destinos e órgãos oficiais de turismo de Estados e países, hotéis e redes hoteleiras, companhias aéreas e marítimas, administradoras de cartões de crédito, companhias de assistência de viagens e associações do setor.

Crescimento:

Em entrevista durante o evento, o presidente da Braztoa disse que a indústria do turismo no Brasil deverá ter um crescimento mínimo de 12% em 2006.

“O incremento da atividade turística significa maior capacidade de investimento. Acredito que esse crescimento pode chegar a 20%”, afirmou Zuquim.

De acordo com estimativa da entidade, as vendas de pacotes turísticos nacionais e internacionais terão nesta temporada um aumento de 15% a 18%, em comparação ao mesmo período anteiror (2003-2004), com mais de 2,3 milhões de turistas brasileiros viajando por meio de pacotes, no Brasil e no exterior.

O faturamento das operadoras associadas à Braztoa com a comercialização de pacotes turísticos para esse temporada - boa barte realizada durante o evento - pode alcançar mais de R$ 1,2 bilhão. Os custos médios de cada pacote nacional e internacional devem ficar em torno de R$ 1,5 mil e US$ 1,5 mil, respectivamente.

Autoridades:

A abertura oficial do 24º ECB contou com a presença de autoridades como o presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz, e todos os cinco diretores do instituto; o vice-presidente da Abav Nacional (Associação Brasileiras das Agências de Viagens), Carlos Alberto Ferreira; e os presidentes da Fenactur (Federação Nacional de Turismo), Michel Tuma Ness; do Sindetur-SP (Sindicato das Empresas de Turismo do Estado de São Paulo), Eduardo Nascimento (também vice-presidente da Braztoa); do Favecc (Fórum das Agências de Viagens Especializadas em Contas Comerciais), Goiaci Alves Guimarães (também diretor de Relações com Companhias Aéreas da Braztoa); da Aviesp (Associação das Agências de Viagens Independentes do Interior de São Paulo), José Carlos Vieira Rocha; e da Avirrp (Associação das Agências de Viagens de Ribeirão Preto e Região), Rosivaldo Aziz Illipronti, entre outros. O secretário estadual de Turismo, Fernando Longo, esteve representado pelo secretário-adjunto, Roberto Folgueral.

Atividades paralelas:

O 24º ECB contou com atividades paralelas de interesse de agentes de viagens e operadores associados. Na tarde do dia 10, o coordenador jurídico do Sindetur-SP, Joandre Antonio Ferraz, autografou o livro “Obrigações e Contratos em Viagens e Turismo`, uma iniciativa do Ipeturis (Instituto de Pesquisas, Estudos e Capacitação em Turismo), criado pela Braztoa e pelo sindicato em outubro de 2002.

No dia 11, foram ministrados por representantes dos respectivos destinos cursos de capacitação sobre Bahia, Costa das Baleias e Curaçao. E o presidente da Braztoa participou de duas reuniões de trabalho com operadoras: uma sobre a Copa do Mundo e outra sobre o programa Vai Brasil, do Ministério do Turismo, para estimular as vendas de produtos turísticos na baixa temporada.

Essa última teve a participação do secretário nacional de Políticas do Turismo, Milton Zuanazzi, que obteve adesão unânime das operadoras para o programa, cujo lançamento será no próximo dia 18, no Festival de Turismo de Gramado.

E nos dois dias do evento, a Braztoa, por meio da Guest Associados, realizou pesquisa de avaliação do Encontro Comercial com os visitantes e expositores. Os resultados serão apresentados à diretoria da entidade e servirão de base para a organização das próximas edições da feira.

Solidariedade:

O Espaço Solidário, aberto pela terceira vez consecutiva, reuniu cinco entidades que tiveram a oportunidade de mostrar o seu trabalho ao público.

Já pela Entrada Solidária, a Braztoa arrecadou 915 kg de alimentos não-perecíveis doados pelos agentes de viagens que foram ao evento e que serão entregues ainda esta semana a entidades previamente selecionadas.

Festa e city-tour:

A festa de encerramento, na casa noturna Blen Blen e o city-tour pela capital paulista para os agentes de viagens de outras cidades foram os momentos de descontração do evento.

A festa teve apresentação da banda Quasímodo, que levou ao palco representantes do trade turístico e colocou um grande público para dançar ao ritmo dos anos 80.

O tour, que contou com guias fornecidos pela SPTuris, passou por locais como o Masp, Parque Ibirapuera, Centro Histórico e por bairros como Jardins e Liberdade e terminou no Mercado Municipal, onde os agentes puderam comer quitutes como pastel de bacalhau e sanduíche de mortadela.

“Morei muito tempo aqui mas não conhecia detalhes da história da cidade. Até me animei a organizar grupos de passageiros para conhecer São Paulo”, disse Maria Aparecido Delphino, da agência Atena Viagens e Turismo, de Araraquara.

Encontro de Negócios:

O Encontro de Negócios, realizado na manhã do dia 10, recebeu 46 fornecedores de produtos e serviços turísticos de outros países e de diferentes regiões e cidades do Brasil. Eles puderam apresentar e negociar seus produtos com operadoras associadas à Braztoa.

Segundo o presidente José Zuquim, os resultados foram magníficos. Assim, o workshop deve acontecer novamente nas próximas edições do Encontro Comercial, contando com uma adesão ainda maior de participantes.

Fonte: MVL Comunicação

  
  

Publicado por em