A beleza da Amazônia em suas mais diferentes formas e para todo tipo de turista

Para os que buscam interação com a natureza uma ótima opção é um cruzeiro pelos rios amazônicos, já para os que preferem terra firme, conhecer Belém e seus atrativos históricos é uma ótima pedida. E para terminar ainda tem a belíssima Ilha do Marajó!

  
  
Ilha do Marajó

Para os que buscam interação total com a natureza uma ótima opção é um cruzeiro pelos rios da Amazônia, onde o turista pode navegar pelos rios Negro que é o mais extenso rio de águas negras do mundo, Solimões que é a mais importante fonte de alimentos, transporte, pesquisas científicas e lazer no norte do país e Tapajós que nasce no Mato Grosso e deságua no rio Amazonas. Optar por esse roteiro é a certeza de ver o encontro entre os rios Negro e Solimões, uma visão única.

Para os que preferem terra firme, conhecer a cidade de Belém e seus atrativos históricos é uma ótima pedida, além de fazer compras, curtir a noite agitada de bares e restaurantes é possível visitar monumentos, parques e museus, como o Theatro da Paz, o Museu Paraense Emílio Goeldi e o mercado Ver-o-Peso, conhecido internacionalmente por sua arquitetura e diversidade de produtos.

Já na Fazenda Tradicional da Ilha do Marajó o visitante apreciará a culinária local que conta com muita carne de búfalo, peixes, frutas exóticas e especiarias que dão o toque final aos pratos típicos. Para os apreciadores de ecoturismo, muitas trilhas podem ser desbravadas no lombo dos búfalos, já que no Pará encontra-se o maior rebanho do país, outra atividade bastante significativa para a economia local.

As cachoeiras são ótimas opções para quem só quer relaxar. A Turismo Consciente tem roteiros exclusivos pela cidade de Presidente Figueiredo, considerado um paraíso devido suas dezenas de cachoeiras, igapós e rios proporciona ao visitante o turismo de aventura e/ou ecológico.

Além destes roteiros, hotéis de selva e interação com comunidades ribeirinhas também são parte dos roteiros oferecidos pela Turismo Consciente. Com todas estas opções, não há mais desculpas para não visitar uma das regiões mais ricas em biodiversidade e cultura sem abdicar do conforto que os grandes centros podem proporcionar e o mais importante, tendo contato com uma das principais florestas do mundo tomando consciência de sua importância para a sobrevivência do planeta.

Fonte: Bio Comunicação Assessoria de Imprensa

  
  

Publicado por em