Aos 70 anos, Parque Nacional da Serra dos Órgãos está ainda mais atraente para os turistas

No aniversário do Parnaso, ministérios do Turismo e do Meio Ambiente inauguram obras do programa Turismo nos Parques

  
  

O ministro de Estado do Turismo, Luiz Barretto, participa nesta segunda-feira (30) das comemorações do aniversário de 70 anos do Parque Nacional da Serra dos Órgãos (RJ) - Parnaso. Serão inauguradas diversas obras de infraestrutura turística realizadas a partir da ação conjunta entre o Ministério do Turismo (MTur) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA). De acordo com a programação, a solenidade terá a presença também do ministro do MMA, Carlos Minc.

Os investimentos foram de cerca de R$ 3,5 milhões – R$ 2 milhões do MTur e R$ 1,5 milhão do MMA – e partiram do programa “Turismo nos Parques”, lançado no fim de 2008 pelo governo federal. Entre as iniciativas no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, estão a inauguração de uma nova trilha suspensa, de 1,3km e 8m de altura, em madeira plástica, passando pela copa das árvores, paredões rochosos e cachoeiras do rio Paquequer e com rampa para acessibilidade; exposição para Centro de Visitantes; vídeo institucional com informações e orientações para visitantes; sinalização e folhetos bilíngües.

Durante a solenidade, serão homenageados servidores que ajudaram a construir a história do Parque. Além disso, o Instituto Chico Mendes assinará uma portaria que cria o Grupo de Esportes na Natureza. O objetivo é qualificar os gestores das unidades de conservação por todo o País e estimular a abertura dos parques nacionais para atividades esportivas.

O Parque

O Parque Nacional da Serra dos Órgãos foi criado em 1939 para proteger a paisagem e a biodiversidade deste trecho da Serra do Mar na região serrana do Rio de Janeiro. São 20 mil hectares protegidos nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim.

Ele está situado no domínio da Mata Atlântica que, por ter sido reconhecida como um dos biomas mais críticos para a conservação da biodiversidade global, foi declarada pela Unesco Reserva da Biosfera, em 1991. A Serra dos Órgãos foi classificada pelo Ministério do Meio Ambiente como de extrema relevância para a conservação da flora.

No local, já foram registradas 462 espécies de aves, 83 de mamíferos e 101 de anfíbios, além de muitas espécies endêmicas e ameaçadas. Além da beleza e da importância da conservação de suas espécies, o Parque é um dos melhores locais do País para a prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em

L.A.Perry

L.A.Perry

01/12/2009 14:12:02
Tive a oportunidade de retornar, depois de um longo tempo, ao Parnaso há um semana. Pude constatar a seriedade com que os administradores do Parque trabalham em prol da conservação da unidade. A área está super conservada, com sanitarios limpos, placas informativas eficientes, ótima infra para pesquisadores e turistas. Foi muito bom ver tudo isso.