Bonito conta com uma vasta rede de grutas e cavernas

Os turistas costumam praticar rafting nas corredeiras, rapel em cavernas, relaxar nas cachoeiras e mergulhar pelas águas cristalinas

  
  

Bonito (MS)está entre as cidades referência de turismo no Brasil. Quem já visitou quer voltar e quem ainda não foi para lá costuma ficar encantado ao ouvir os relatos do local. Afinal, o município faz jus ao nome que recebeu. É reconhecido como polo do ecoturismo no mundo, inclusive já ganhou por 13 vezes consecutivas na categoria Melhor Destino de Ecoturismo, do Prêmio O Melhor de Viagem e Turismo, organizado pela Editora Abril.

Suas principais características são as paisagens naturais, os rios com águas transparentes e uma imensidão de cachoeiras, cavernas e maravilhosas grutas. Os turistas costumam praticar rafting nas corredeiras, rapel em cavernas, relaxar nas cachoeiras e mergulhar pelas águas cristalinas.

Separamos os principais detalhes de algumas das grutas e cavernas de Bonito. Ao ler atentamente as descrições abaixo é possível visualizar um pouco de todo o encanto que atrai anualmente uma legião de visitantes:

Caverna Ceita Corê:

Esta não é simplesmente qualquer caverna, para começar, ela é submersa! Sugere ser uma das cavernas mais profundas do mundo, mergulhadores já exploraram até 155 metros, porém ainda não se tem conhecimento sobre a profundidade total. A entrada da Caverna Ceita Corê tem cerca de 1,5 m de diâmetro, e após percorrer mais ou menos 2 metros, é possível ter uma visão ampla de um grande salão.

Gruta de São Mateus:

Ouvir sobre a história de Bonito é encantador, principalmente se os relatos forem feitos em um passeio que envolve também uma gruta. E é isso que ocorre na Gruta de São Mateus! Os turistas podem fazer uma trilha de 150 metros no interior da gruta, a profundidade é de 90 metros. É possível também fazer uma visita ao Museu, com relatos sobre o surgimento de Bonito, utilizando materiais coletados por moradores e ainda desfrutar de um mirante de 360º para contemplar toda a cidade.

Gruta do Lago Azul:

Não é à toa que a Gruta do Lago Azul já virou cartão postal de Bonito e é praticamente unânime entre os turistas o desejo de conhecê-la. Tudo começa com uma caminhada de 150 metros na mata para chegar à entrada da caverna, então há uma escadaria cavada na terra e ao longo dela formações geológicas milenares. Para completar, os visitantes se deparam com um lago que possui água intensamente azulada.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

Fonte: Evandro Florscuk

  
  

Publicado por em