Brasil aposta no mercado russo mostrando seu potencial turístico

De acordo com a OMT (Organização Mundial de Turismo), em 2002, os russos gastaram US$ 12 bilhões em viagens fora de seu país e, em 2020, o país deverá ser o 10º maior emissor de turistas do mundo. Aproveitando o momento do mercado, só na semana passada tr

  
  

De acordo com a OMT (Organização Mundial de Turismo), em 2002, os russos gastaram US$ 12 bilhões em viagens fora de seu país e, em 2020, o país deverá ser o 10º maior emissor de turistas do mundo. Aproveitando o momento do mercado, só na semana passada três eventos
brasileiros aconteceram na Rússia, relacionados a moda, alimentos e turismo.

A EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo) participou de dois deles, ambos em Moscou: o Moda Brasil Rússia (de 24 a 27 de setembro), organizado pela Apex (Agência de Promoção de Expotações do Brasil), e a feira internacional de turismo Leisure 2004 (de 22 a 25 de setembro).

`A Rússia está reconhecendo nosso investimento no mercado e já temos resultados deste trabalho`, afirma Karin Carvalho, executiva do Escritório Brasileiro de Turismo em Frankfurt (Alemanha) e responsável também pelo mercado da Rússia, que, com Lawrence Reinisch, gerente de Turismo de Negócios e Eventos da EMBRATUR, representou o Brasil na feira internacional de turismo Leisure 2004.

Há três anos, a EMBRATUR também vem aumentanto sua participação no principal evento de turismo local, tendo sido o segundo maior estande da Leisure 2004 - perdeu apenas para Dubai.

Pela terceira vez consecutiva, o Brasil ganhou do comitê organizador do evento o prêmio pelo maior investimento na participação durante a feira.

A Leisure aconteceu mais cedo este ano, uma vantagem porque os operadores, produtos e destinos brasileiros poderão aparecer em mais catálogos promocionais russos que ainda estão sendo produzidos para a alta temporada.

`Percebi também que os profissionais de outros países tem diversificado mais suas ofertas, segmentando os produtos por Ecoturismo, Aventura e outros, assim como a estratégia da EMBRATUR para promover o Brasil no exterior`, completa Karin.

`Pudemos constatar o profissionalismo da EMBRATUR e como todos trabalham de forma objetiva,integrados com os diversos agentes da cadeia produtiva do turismo. Com isso, ganhamos todos os parceiros, inclusive a própria Infraero`, disse Adenahuer Nunes, diretor-financeiro da Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrututura Aeroportuária), que em agosto deste ano assinou um convênio de R$ 21 milhões para operacionalizar as ações de fomento do turismo brasileiro no mercado internacional, planejadas pelo ministério do Turismo, por meio da EMBRATUR.

Também estavam no estande a Varig e a Bahiatursa, que atraiu filas enormes de interessados em tirar fotografias com a típica baiana e ganhar as fitinhas do Nosso Senhor do Bonfim. Além deles, 13 empresas privadas estavam no espaço do Brasil.

`O estande está muito bonito, aberto e convidando as pessoas a entrarem aqui`, comentou Elena Dobrynina, da Varig, empresa que já bateu sua meta para todo o ano de 2004 em relação ao faturamento com o mercado russo.

Moda :

No dia 25, os flashes apontaram para a moda brasileira na Rússia. No evento Moda Brasil Rússia, desfilaram modelos dos estilistas brasileiros de fama internacional Alexandre Herchcovitch, Amir Slama e Walter Rodrigues. Marca-se aí mais uma vez a parceria da EMBRATUR com a Apex, depois da bem-sucedida experiência da Selfridges em Londres quando, durante o mês de maio, o turismo brasileiro esteve presente na ação `Brasil 40º`, na famosa loja de departamentos inglesa.

Para isso, Lawrence Reinisch continuou seu trabalho na Rússia, para promover o Brasil como destino ideal, mostrando que o país é excelência em moda, couro, calçados e também em turismo. Lá, Reinisch apresentou aos interessados o recém-lançado calendário da Ubrafe (União Brasileira dos Promotores de Feiras), com as principais feiras comerciais que acontecem no Brasil - incluindo as de moda.

Entre três mil pedidos de vistos registrados pela embaixada brasileira em Moscou no ano passado, 500 foram especificamente para turismo de negócios e eventos.

`A EMBRATUR está mais do que nunca envolvida com este segmento`, diz Lawrence.

Segundo a Demanda Turística Internacional 2003, este turista gastou uma média de US$ 106,46 por dia, enquanto o turista de lazer desembolsou cerca de US$ 84,63.

Fonte: Assessoria de Comunicação da EMBRATUR

  
  

Publicado por em